Gilmelândia diz que nunca consumiu bebida alcoólica: ‘Não sei nem o que é isso’

0
13


Cantora falou de carreira, experiência como apresentadora e revelou que não gosta da música ‘Maionese’

Reprodução/Instagram/gilmelandiaoficial/25.03.2021Gilmelândia falou que não bebe e que prefere a TV ao palco

Seja como cantora ou como apresentadora, Gilmelândia gosta de levar alegria por onde passa e foi com muita energia que a artista participou nesta quinta-feira, 25, do quadro “No Caminho Te Explico”, do programa Morning Show, no qual o apresentador Fred Ring e seus convidados conversam e cantam a bordo de um Volvo XC90. Durante o papo, Gil fez revelações e uma delas é que ela nunca consumiu bebida alcoólica na vida. “Nunca bebi, não sei nem o que é isso. Meus amigos falam: ‘Ainda bem que você não bebe’”, brincou a artista que se considera uma pessoa acelerada. A cantora também disse que não gosta da música Maionese, um dos seus grandes sucessos: “Se eu pudesse escolher, eu não cantava, mas o povo gosta e eu canto”. O papo seguiu e Gil contou que antes estourar como vocalista da Banda Beijo, ela rodou o Brasil com uma companhia de circo e disse que foi a partir daí que começou se fantasiar e visitar hospitais de crianças com câncer e abrigos. “Todos os lugares que as pessoas me chamam para levar alegria, eu me visto de mágica e vou”, afirmou.

Ao falar da Banda Beijo, a cantora contou que quando se juntou ao grupo precisou cumprir algumas exigências como mudar seu estilo e emagrecer. “Foi punk, primeiro eles cortaram meu cabelo, quando eu me olhava no espelho, eu não era uma menina como as outras, mas quando eu chegava nos shows tinham umas 100 mil pessoas e as crianças todas imitando os coques meu cabelo. Eu adorei depois. Lembro que colocavam tatuagem de rena em mim, porque se fosse de verdade minha mãe arrancava meus cabelos”, disse aos risos. Anos depois, quando Gil já seguia carreira solo, um empresário disse a ela que não tinha mais tempo para agenciá-la e foi nesse momento que uma nova oportunidade surgiu na sua carreira. “Foi quando Silvio Santos me chamou para ser apresentadora”, contou Gil, que apresentou o “Viva Noite” com Supla e Bruno Chateaubriand e, posteriormente, foi convidada por Luciana Gimenez para assumir o seu posto no “Superpop” durante sua licença maternidade.

A artista amou a experiência e revelou que foi incentivada por uma das apresentadoras mais queridas do Brasil. “Hebe Camargo me deu ousadia, ela me chamava no camarim para dizer: ‘Você nasceu para isso, não se afaste disso’. É uma coisa que eu gosto muito, se me perguntar hoje: ‘Palco ou TV?’ Eu escolho TV”, afirmou Gil. No passeio, a cantora falou ainda do seu relacionamento e contou que conheceu o DJ Anderson Lima quando se apresentou no Brazilian Spirit, em Dubai. “Ele largou tudo quando me conheceu. Depois do Brazilian Spirit, ele foi lá para Salvador porque queria levar o Olodum para Dubai e, quando ele chegou lá, ele foi para uma festa onde eu estava vestida de mágica e eu dei dois mil presentes para as crianças uma a uma, ele começou a ver essa parte minha e se apaixonou.”





Fonte: Jovem Pan

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui