“Filme proibido” com Xuxa é exibido pela primeira vez na TV depois de 30 anos

0
196

“Filme proibido” com Xuxa é exibido pela primeira vez na TV depois de 30 anosProibido por anos por Xuxa Meneghel de ser exibido na televisão e no cinema, “Amor Estranho Amor”, dirigido por Walter Hugo Khouri (1929-2003), passou a ser tratado como raridade pelos amantes da sétima arte. Estrelado por Tarcísio Meira e Vera Fischer, o longa tem no elenco a apresentadora na pele de uma garota de 15 anos que vive em um bordel e se envolve com um rapaz no início de sua adolescência, com 13 anos.

Em um passeio pelo Sebo do Messias, no centro de São Paulo, a coluna conseguiu comprovar o quão raro é o filme. O VHS original da obra custa nada mais, nada menos, que R$ 650. Em sites de venda online, como o mercado livre, é possível achar a fita por R$ 990.

Por três décadas, a Rainha dos Baixinhos pagou anualmente o equivalente, em valores atuais, a R$ 345 mil pelos direitos de exibição da produção. Recentemente, decidiu parar de desembolsar a quantia e liberar o longa-metragem. “Quem não viu o filme, por favor, veja. Porque esse filme fala de uma coisa muito atual, que é a exploração infantil. Isso é a realidade de muita gente”, afirmou, em entrevista ao “Fantástico”, no ano passado.

Segundo a apresentadora, ela decidiu aceitar o papel a pedido de Pelé, seu namorado na época. O diretor, Walter Hugo Khouri, tem longa carreira no cinema e é responsável por produções cultuadas como “Noite Vazia” (1964), estrelado por Norma Bengell (1935-2013) e Odete Lara (1929-2015), e “As Deusas” (1972), com Lilian Lemmertz (1937-1986).

Embora valha ouro no mercado, o fator raridade deixou de existir a partir da 0h30 de quinta-feira (11/02), quando o Canal Brasil exibiu o filme de forma inédita. Será a primeira vez que a produção é transmitida na televisão desde seu lançamento, em 1982.

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui