Evangeline Lilly, atriz da Marvel, participa de protesto contra vacina obrigatória

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Intérprete da heroína Vespa explica em post nas redes sociais que é ‘pró-escolha’: “Acredito que ninguém deveria ser forçado a injetar nada em seu corpo”

Reprodução / MarvelEvangeline Lilly interpretou a Vespa no Universo Marvel e também esteve na franquia O Senhor dos Anéis

A atriz Evangeline Lilly, que interpreta a heroína Vespa no Universo Cinematográfico Marvel, se posicionou contra a obrigatoriedade das vacinas  e participou de um protesto contra a medida em Washington, capital dos Estados Unidos. Em texto publicado nas redes sociais, Lilly afirmou que é ‘pró-escolha’. “Acredito que ninguém deveria ser forçado a injetar nada em seu corpo. Esse não é o caminho. Isso não é seguro. Isso não é saudável. Isso não é amor. Eu acredito que o mundo está com medo, mas não acredito que combater medo com força vá resolver nossos problemas”, afirmou a artista. Segundo a atriz, que também interpretou Kate Austen em “Lost” e Tauriel em “O Hobbit”, nenhuma ameaça deveria ser feita para quem não deseja se vacinar.

A Marvel já teve problemas antes com outra atriz que foi contra as vacinas utilizadas para conter a Covid-19: Letitia Wright, que interpreta a personagem Shuri e era a principal escolha para assumir o manto de Pantera Negra após a morte de Chadwick Boseman, republicou em sua conta no Twitter um vídeo em que um youtuber fala diversas teorias conspiratórias sobre as vacinas e, segundo a imprensa norte-americana, ela preferiria deixar a Marvel a receber um imunizante. Wright continua no elenco de Pantera Negra: Wakanda Forever, mas ainda não se sabe qual será o tamanho da sua participação no filme, previsto para ser lançado em novembro de 2022.





Fonte: Jovem Pan