‘Devastado pela perda’, diz diretor Joel Souza sobre a morte no set de ‘Rust’ | Cinema

0
11


A diretora de fotografia morreu e Souza foi ferido pelos disparos acidentais de uma arma usada pelo ator Alec Baldwin.

Em uma declaração feita por escrito ao site americano Deadline, Souza lembrou de Halyna como uma pessoa “boa, vibrante e incrivelmente talentosa”.

“Estou devastado pela perda da minha amiga e colega, Halyna”, disse o diretor. “Meus pensamentos estão com sua família neste momento difícil.”

Halyna Hutchins: quem era diretora morta por Alec Baldwin em set

Halyna Hutchins: quem era diretora morta por Alec Baldwin em set

Ele ainda agradeceu à “comunidade dos fazedores cinema”, aos moradores de Santa Fe, no Novo México, onde ocorreu o acidente, e aos “desconhecidos” que enviaram mensagens de recuperação.

Souza foi levado para o hospital após ser atingido no ombro, mas recebeu alta na sexta-feira (22), segundo o portal.

Montagem Alec Baldwin — Foto: Instagram

Alec Baldwin disse que a morte foi “um trágico acidente”. “Estou cooperando totalmente com a investigação policial para resolver como essa tragédia ocorreu”, escreveu no Twitter.

“Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e nossa colega profundamente admirada”, comentou Baldwin.

“Estou em contato com o marido dela, oferecendo meu apoio a ele e sua família. Meu coração está partido por seu marido, seu filho e por todos que conheciam e amavam Halyna.”

Filme sobre morte acidental

“Rust” é um filme de velho oeste estrelado e produzido por Baldwin (“Missão: Impossível – Efeito fallout”) que também tem no elenco Jensen Ackles (“Supernatural”) e Travis Fimmel (“Vikings”).

Baldwin interpreta o personagem que dá o nome ao filme, que se passa no Kansas em 1880 e conta história de garoto e avô em fuga após acusação por morte acidental.

Set do filme

Set do filme ‘Rust’ tem dia silencioso enquanto investigação sobre acidente continua

MORTE EM FILME COM ALEC BALDWIN



Fonte: Pop & Arte