Demitida da Record, Carla Cecato pede emprego pelas redes sociais: ‘Precisando’

0
17


Jornalista trabalhava há 16 anos na emissora e teria recebido a notícia do desligamento por e-mail

Reprodução/Instagram/carlacecato/14.05.2021Carla Cecato foi demitida da Record TV depois de 16 anos

A jornalista Carla Cecato foi demitida da Record TV após 16 anos na emissora e, nesta sexta-feira, 14, a ex-apresentadora do “Fala Brasil” usou as redes sociais para pedi ajudar e dizer que está à procura de um novo emprego. “Estou disponível para trabalhos, parcerias comercias, apresentações, palestras, tudo que fiz e faço há muito tempo. Uma nova fase começa agora! E eu conto com você [seguidor] mais do que nunca”, afirmou a jornalista, que pediu para os seguidores divulgarem seu perfil nas redes sociais. Um dos planos da apresentadora é voltar a produzir conteúdo para o seu canal no YouTube, que há meses não era atualizado. “Creio que a internet é o novo meio de comunicação e eu quero muito trazer minhas senhorinhas, minhas amigas, amigos, para o meu canal aqui [no Instagram] e no YouTube, que se Deus quiser vou conseguir retomar. Um grande beijo. Não esqueça de me compartilhar com os amigos. Estamos precisando”, escreveu a apresentadora.

A trajetória de Carla na Record TV começou em 2005 e, com os passar dos anos, ela passou pelos principais programas jornalísticos da emissora, incluindo o “Domingo Espetacular” e o “Câmera Record”. Em 2009, ela se tornou apresentadora do jornal matinal “Fala Brasil”, mas no ano seguinte foi colocada para apresentar a atração somente aos sábados. Atualmente, Mariana Godoy apresenta a atração junto com Sergio Aguiar. Segundo o Notícias da TV, Carla foi comunicada por e-mail sobre seu desligamento da emissora e logo teve sua conta coorporativa suspensa. Quando chegou à Record, ela foi chamada pela chefia e comunicada presencialmente sobre o seu desligamento. A Jovem Pan entrou em contato com assessoria de imprensa da Record TV para confirmar a informação e saber o que motivou a demissão de Carla, mas não obteve retorno.





Fonte: Jovem Pan