De ‘A Paixão de Cristo’ a coelho rebelde: 5 filmes para entrar no clima da Páscoa

Data cristã celebra a ressurreição de Jesus, que, conforme relatado no Novo Testamento da Bíblia, aconteceu três dias depois dele ser crucificado no Calvário

Divulgação/Sony Pictures
Pedro Coelho
‘Pedro Coelho’ foi lançado em 2018 e ganhou uma sequência em 2021

A Páscoa é celebrada neste domingo, 9, e fazer uma sessão pipoca para entrar no clima do feriado é uma boa pedida. A data cristã celebra a ressurreição de Jesus, que, conforme relatado no Novo Testamento da Bíblia, aconteceu três dias depois dele ser crucificado no Calvário. Para entender os detalhes de como foram os últimos momentos do filho de Deus, um dos longas mais recomendados é “A Paixão de Cristo”, polêmico filme de Mel Gibson lançado em 2004. Em paralelo a isso, a Páscoa também se tornou uma data comercial e tem uma criança esperando o coelhinho passar para deixar um belo ovo de chocolate. A tradição que se popularizou ao redor do mundo também inspirou produções cinematográficas, como a animação “O Segredo dos Guardiões” e o live-action “Hop – Rebelde sem Páscoa”. Confira detalhes dessas e de outras produções que você pode assistir em casa: 

1. “A Paixão de Cristo”

Dirigido por Mel Gibson, “A Paixão de Cristo” é uma boa opção para quem tem curiosidade de saber em detalhes como foram as últimas horas de Jesus, detalhando a crucificação e mostrando a ressurreição. Sangrento e intenso, o longa vai na contramão de outras produções do gênero, que costumam suavizar os ferimentos de Jesus na cruz. A trama começa no Horto das Oliveiras, local em que o filho de Deus vai rezar após realizar a Última Ceia. Traído por Judas Iscariotes, ele é preso e levado a Jerusalém, onde é acusado de blasfêmia e condenado à morte. O filme está disponível na plataforma de streaming Star+

2. “Ressurreição”

Outra opção para quem busca um filme com temática bíblica é “Ressurreição”, do cineasta Kevin Reynolds. Com os rumores da ressurreição de Jesus, Clavius (Joseph Fiennes), um centurião romano, é designado por Pôncio Pilatos para investigar o que ocorreu após a crucificação e para descobrir onde está o corpo supostamente roubado de Jesus. O temor é que o profeta passe a ser visto como um “Messias”. Durante sua busca, Clavius se depara com relatos que o fazem mudar sua visão sobre o que aconteceu e questionar se de fato ocorreu um milagre. O longa está disponível na Netflix.    

3. “Hop, Rebelde Sem Páscoa”

Para relaxar e curtir com toda a família, uma ótima opção é “Hop, Rebelde Sem Páscoa”. Nessa comédia, o coelho Junior sonha em seguir carreira na música, mas seu pai, o Coelho da Páscoa, quer que a tradição do feriado seja mantida e que o filho siga o legado que se estende por anos e anos. Junior, no entanto, parte para Hollywood na esperança de se tornar baterista de uma banda de rock. É lá que ele esbarra com Fred, vivido pelo ator James Marsden, que decide ajudar o coelho a realizar o seu sonho. O problema é que a Ilha de Páscoa começa a ficar desestabilizada na ausência de Junior. Para saber como termina essa aventura, basta procurar o título no Globoplay

4. “A Origem dos Guardiões”

Quem gosta de uma animação, uma boa pedida é “A Origem dos Guardiões”, que conta não só com o coelho da Páscoa, mas também outras figuras encantadas como Papai Noel, Fada do Dente e Sandman. Nesta animação da DreamWorks, Jack Frost, um jovem que controla o inverno, precisa se unir ao time de Guardiões para impedir Breu, o bicho-papão, de transformar os sonhos de todas as crianças em pesadelos. O intuito do vilão é conseguir controlar o mundo. O interessante é que o longa apresenta esses personagens lendários de uma forma não convencional. A produção está no catálogo da Netflix

5. “Pedro Coelho” 

Inspirado nos livros da autora Beatrix Potter, “Pedro Coelho” é outra opção de filme para toda a família. O longa traz como protagonista um coelho rebelde que trava uma disputa com o Sr. McGregor (Domhnall Gleason) pelos legumes enterrados no jardim proibido. Essa rusga fica ainda mais intensa quando eles também começam a brigar pela atenção da bondosa Bea (Rose Byrne). Na versão original, o personagem-título é dublado por James Corden. O filme fez sucesso e ganhou até uma sequência, que está disponível no Amazon Prime Video. Já o primeiro longa pode ser alugado em plataformas como YouTube, Google Play e Apple TV.



Fonte: Jovem Pan