Claire Danes investiga mistério místico em “The Essex Serpent”

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Por Lisa Keddie

LONDRES (Reuters) – Claire Danes disse que seu primeiro papel depois de quase uma década no drama de sucesso “Homeland” é “maravilhoso” e “assustador”, passando de uma agente da CIA a uma viúva britânica do Século 19 na série “The Essex Serpent”.

A atriz de 43 anos ganhou vários prêmios por sua interpretação da intrépida protagonista bipolar Carrie Mathison na série de 2011 a 2020.

Situada séculos antes e baseada no romance de sucesso de Sarah Perry, “The Essex Serpent” tem Claire Danes como Cora, que se muda de Londres para o condado inglês de Essex para investigar uma serpente mítica.

Ela faz amizade com o pastor Will, interpretado por Tom Hiddleston, mas logo se vê enfrentando a ira dos moradores locais que a culpam por uma tragédia.

“Foi maravilhoso… Eu adorei finalmente poder interpretar alguém que se relaciona com outros seres humanos porque Carrie realmente não fazia isso”, disse Danes à Reuters em entrevista.

“Eu meio que pensava nela como Edward Mãos de Tesoura, estranhamente… ela entendia sua volatilidade e estava muito inclinada a proteger outras pessoas disso e então ela se isolou. Cora não precisa, ela pode desfrutar de intimidade de vários tipos… Isso foi divertido, mas também foi meio assustador estar em território desconhecido.”

A história se concentra no debate da ciência versus fé, com os personagens acreditando em diferentes razões para a existência da criatura.

“Acho que é um debate muito saudável… a interconexão entre fé e razão, ciência e religião. Como sociedade, precisamos de sistemas de crenças para dar sentido às nossas vidas e entender como nossas vidas são significativas”, disse Hiddleston.

“The Essex Serpent” estreia na Apple TV+ na sexta-feira.









Fonte: Mix Vale