Bia Kicis, Marcelo Freixo, Simone Tebet e mais: políticos prestam homenagem a Jô Soares

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

‘As muitas risadas que espalhou pelo Brasil vão ficar para sempre na nossa memória’, afirmou Kicis nas redes sociais; confira as mensagens publicadas por personalidades de diferentes espectros ideológicos

Divulgação/TV GloboDivulgação/TV Globo
Jô Soares morre aos 84 anos

Após a morte do humorista e apresentador de televisão Jô Soares, aos 84 anos de idade, nesta sexta-feira, 5, políticos brasileiros de variados espectros ideológicos deixaram de lado, por um momento, a polarização que o Brasil enfrenta e usaram as redes sociais para se pronunciar de forma uníssona e prestar homenagens a ele e ao trabalho que desenvolveu no Brasil ao longo de décadas. Publicaram mensagens de adeus o ex-líder do governo Bolsonaro no Senado Federal, Fernando Bezerra (MDB-PE), que disse que Jô foi “sempre inovador e impecável”; o filho dele, Fernando Filho (União-PE) destacou a inteligência e o senso crítico do apresentador; a deputada Bia Kicis (PL-DF) fala das suas “personagens imortalizadas”; o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) publicou uma foto de quando foi entrevistado por Jô Soares: “Pessoa generosa que por anos conduziu entrevistas que foram um importante espaço de debate para o país”; a senadora Simone Tebet (MDB-MS) também se pronunciou: “Seus personagens marcaram nossas vidas e o Brasil”, disse; o deputado Marcelo Freixo (PSB-RJ) agradeceu a Jô pelas risadas, reflexões e sabedoria. “Obrigado por tudo. ‘Faça Humor, Não Faça Guerra’, que o nome do seu primeiro programa seja um mantra eterno”. Jô estava internado no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o dia 28 de julho. Ainda não há informações sobre a causa de sua morte. O humorista era também dramaturgo e escritos, ator, diretor de teatro e teve passagens pelas emissoras Continental, TV Rio, Tupi, Excelsior, Record, SBT e TV Globo. Confira abaixo as declarações de políticas citadas na íntegra e outras:



Fonte: Jovem Pan