Amber Heard é questionada sobre drogas em festa de casamento durante processo de difamação | Pop & Arte

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A atriz Amber Heard voltou a ser interrogada pelos advogados de Johnny Depp na terça-feira (17). Em um de seus questionamentos, Camille Vasquez, advogada do ator, apresentou aos jurados um cronograma para a festa de casamento dos artistas.

A agenda incluía tempo para “festa dançante, drogas e música” após o jantar.

“Você planejava usar drogas em seu casamento com alguém que você caracteriza como um viciado em drogas?”, perguntou a advogada.

Heard disse que o cronograma era um rascunho que passou por mudanças.

Depp está processando Heard em US$ 50 milhões, dizendo que ela o difamou quando alegou ter sido vítima de violência doméstica. Ele disse em depoimento que nunca bateu em Heard e argumentou que ela era a agressora no relacionamento.

Amber Heard — Foto: Brendan Smialowski/Pool via Reuters

Também na terça-feira, Vasquez mostrou recados afetuosos que ela escreveu durante o casamento deles para desafiar os relatos da atriz de violência frequente e reforçar o caso de difamação do astro de “Piratas do Caribe”.

Foi apresentada também uma faca que Heard comprou para Depp como presente em 2012. A atriz, mais conhecida por seu papel em “Aquaman”, disse que Depp já havia se tornado violento e muitas vezes a atacava quando ele estava bêbado ou usando drogas.

“Esta é a faca que você deu para o homem que ficaria bêbado e violento com você?”, disse Vasquez a Heard, que respondeu que não achava que ele fosse esfaqueá-la.

Johnny Depp — Foto: Brendan Smialowski/Pool via Reuters

Heard, de 36 anos, entrou com processo contra Depp pedindo 100 milhões de dólares, sob argumento de que Depp a difamou chamando-a de mentirosa.

A advogada de Depp leu parte de um diário que Heard disse que o casal mantinha para compartilhar recados de amor.

“O verdadeiro amor não é apenas a loucura da paixão ou, em vez disso, escolher a segurança da paz. Não, é sobre os dois”, escreveu Heard em maio de 2015, dois meses depois de uma discussão em que a ponta do dedo médio direito de Depp foi cortada.

Amber Heard diz que Johnny Depp a agrediu dentro de um avião

“Eu ainda, talvez mais do que nunca, quero te despedaçar, te devorar e sentir o sabor”, acrescentou.

Depp disse que Heard jogou uma garrafa de vodca que machucou seu dedo, enquanto Heard disse que é provável que Depp tenha se machucado quando quebrou um telefone em “pedacinhos”.

Questionada sobre as anotações, Heard disse que tentou “nutrir o máximo de paz” possível e que “quando as coisas estavam boas, elas eram realmente boas”.

Os argumentos finais do processo estão previstos para o dia 27 de maio.

Menos de dois anos atrás, Depp perdeu um caso de difamação contra o Sun, um tabloide britânico que o rotulou de “espancador de esposas”. Um juiz da Suprema Corte de Londres decidiu que ele havia agredido Heard repetidamente.

Os advogados de Depp abriram o caso no condado de Fairfax, Virgínia, porque o “Washington Post” é impresso lá. O jornal não é réu.

Semana Pop mostra 10 fatos revelados em briga judicial de Johnny Depp e Amber Heard

Semana Pop mostra 10 fatos revelados em briga judicial de Johnny Depp e Amber Heard



Fonte: Pop & Arte