WhatsApp vai disponibilizar a opção de criar enquetes nos grupos


O WhatsApp parece estar cada vez mais próximo do seu concorrente, o Telegram. Isso porque a rede social do grupo Meta está implementando uma série de recursos que já existiam no aplicativo russo, como a possibilidade de escutar áudios ao sair de um chat ou utilizar a versão web com o celular desconectado. Além disso, desenvolvedores estão trabalhando no envio de enquetes nos grupos.

Leia mais: WhatsApp: Agora será possível reagir a mensagens como no Instagram

Por que o WhatsApp vai disponibilizar esse recurso?

Segundo a empresa, o principal objetivo é aumentar as interações nos grupos da rede social e ter mais ferramentas para sua comunidade. Dessa forma, será possível enviar enquetes públicas com até cinco opções de respostas para os membros do chat. Esse é um recurso já presente em outros aplicativos, como o Telegram e Instagram, e há anos os usuários do WhatsApp esperam por essa atualização.

Inclusive, esse não é o único recurso presente em outras plataformas e que foi adicionado ao app. Agora, usuários também terão a opção de reagir a mensagens com emojis.

Para os curiosos, criar uma enquete já é possível na versão beta do app no iOS, que vem recebendo updates de melhorias frequentemente. Porém, como ainda está em fase de planejamento, não é possível criar enquetes ou enviá-las para alguém. Isso porque a parte de desenvolvimento ainda está na parte visual, sem o back-end concreto.

Apesar de ainda só poder ser vista pelos usuários de iPhone, em pouco tempo ela deve chegar para versão Beta dos aparelhos Android, que representam a maioria dos usuários.

Segurança das enquetes

Há muitos anos, o aplicativo se preocupa com a segurança e privacidade dos usuários. Por conta disso, investiu pesado na codificação e criptografia das mensagens. Logo, não será diferente com as enquetes, visto que suas respostas serão completamente criptografadas, impedindo que pessoas não autorizadas possam obter o conteúdo.

Dessa forma, administradores e outros membros do grupo poderão se aproximar mais e interagir sem se preocupar com o vazamento de dados.



Fonte: Fonte: R7