Vestibular indígena: 2,8 mil fazem prova unificada da Unicamp e UFSCar neste domingo | Campinas e Região

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


O vestibular indígena 2022 unificado entre Unicamp e Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) terá aplicação de prova para 2,8 mil candidatos na tarde deste domingo (27). O exame ocorre em seis cidades de quatro estados e as provas começam às 13h, no horário local de cada município

A Unicamp oferece 130 vagas, distribuídas entre todos os 69 cursos de graduação disponíveis, enquanto a UFSCar prevê até duas vagas em cada uma das 65 carreiras possíveis. O número de inscritos representa aumento de 16,4% sobre o total verificado pelas duas universidades na última edição realizada de modo separado: foram 2.409, com 1.697 na Unicamp e 712 na UFSCar.

A comissão organizadora (Comvest) frisou que está mantida a obrigatoriedade do uso de máscara contra a Covid-19 nas salas, assim como distanciamento social de pelo menos um metro. A avaliação será aplicada de forma presencial em Campinas (SP), Recife (PE), Dourados (MS), São Gabriel da Cachoeira (AM), Manaus (AM) e Tabatinga (AM). O ingresso dos aprovados será em agosto.

O vestibular é um dos primeiros a ser aplicado no país em meio ao contexto de flexibilização no uso de máscaras em parte do país. A obrigatoriedade em espaços fechados deixou de ser exigida nos estados do Amazonas, Mato Grosso do Sul e de São Paulo, mas é mantida em Pernambuco.

A prova será em língua portuguesa, composta por questões de múltipla escolha de diversas disciplinas, e uma redação.

  • Linguagens e códigos: 14 questões
  • Ciências da natureza: 12 questões
  • Matemática: 12 questões
  • Ciências humanas: 12 questões
  • Redação

Os candidatos ao curso de licenciatura em música da Unicamp e da UFSCar, além das provas acima, deverão realizar o teste de habilidades específicas em música, com o envio eletrônico de vídeos, no período entre 25 de janeiro e 8 de fevereiro, pela página da Comvest.

O que levar para a prova?

  • Álcool em gel e máscaras extras, em caso de necessidade de troca no decorrer da prova
  • Documento de identidade original indicado na inscrição;
  • Caneta preta em material transparente, lápis preto e borracha;
  • Água, sucos, doces;
  • Os candidatos devem comprovar que pertencem a uma das etnias indígenas do território brasileiro, por meio da entrega de documentação especificada no edital;
  • Aparelhos celulares (devem ser desligados imediatamente ao entrar na sala e colocar em embalagem; ele pode ser retirado após o candidato deixar o prédio);
  • Equipamentos eletrônicos, relógios digitais, corretivo líquido, lapiseira, caneta marca texto, bandana/lenço, boné, chapéu, ou outros materiais estranhos à prova;
  • O candidato pode usar relógio para controlar o tempo, mas ele deve ficar no chão;

Cada candidato pode fazer única inscrição e indicar até dois cursos – sendo um em cada universidade. Além da inscrição, a prova será conjunta entre as duas universidades; a operação fica por conta da Comvest. Os editais com as regras e as vagas podem ser acessados nas páginas das instituições:

  • Aplicação das provas presenciais, nas cidades de Campinas, Recife, Dourados, São Gabriel da Cachoeira, Manaus e Tabatinga – 27 de março, às 13h (horário local).
  • Divulgação de convocados para matrícula em 1ª chamada, site da Comvest – 18 de abril, às 18h.
  • Matrícula online dos convocados em 1ª chamada, na página da comissão – entre 9h de 19 de abril e 17h de 26 de abril.

Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) — Foto: Claudinei Junior/G1

VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região



Fonte: Fonte: G1