veja como voltar a receber o benefício todo mês


A Caixa Econômica Federal (CEF) deu início a um novo ciclo de pagamentos do Auxílio Brasil no último dia 14 de abril de 2022. Com isso, alguns grupos de beneficiários já receberam os valores do auxílio referentes a este mês em suas respectivas contas bancárias.

Porém, apesar disso, o Governo Federal está realizando uma nova análise dos cadastros das pessoas que recebem o Auxilio Brasil. E, então, essas operações, conhecidas popularmente como “pente fino“, podem acabar fazendo com que algumas pessoas deixem de receber o benefício a que tinham direito anteriormente. Principalmente por isso, é importante ficar ainda mais atento.

Benefício Auxílio Brasil

Quem teve o Auxílio Brasil bloqueado pode voltar a receber o benefício. Entretanto, antes mesmo de entrar com um recurso, é preciso fazer uma verificação para então saber se o dia do pagamento já passou ou se ele ainda vai chegar.

Nesse sentido, se o dia já passou e o dinheiro não caiu na conta bancária, será de direito do Responsável Familiar contestar a suspensão dos depósitos mensais. Nesse caso, será preciso comprovar que todos os membros do grupo familiar continuam a estar dentro dos critérios que são exigidos pelo governo. Então, se isso vier a ser confirmado, as parcelas voltarão a ser autorizadas, e o Auxílio Brasil voltará a ser pago no próximo ciclo de pagamentos.

Como contestar o Auxílio Brasil bloqueado?

Na maior parte das vezes, o Auxílio Brasil é bloqueado por não ter dados atualizados, e também por informações inconsistentes. Nesse sentido, você pode fazer a consulta no aplicativo do Programa ou diretamente no aplicativo Caixa Tem para então descobrir se o benefício foi, de fato, bloqueado.

Neste caso, ou seja de confirmação do bloqueio, o beneficiário deve fazer uma contestação. Para fazer isso, será necessário que o Representante Familiar vá até uma unidade do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) do seu município. Na ida ao CRAS, é preciso levar os seguintes documentos:

  • CPF ou Título de Eleitor (somente os do Representante Familiar)
  • Documento de Identificação (de cada um dos membros da família)
  • Comprovante de Residência (atualizado)
  • Comprovante de Matrícula de crianças e adolescentes (se houver menores de idade no grupo familiar)

A partir de então, o pedido de contestação do Auxílio Brasil será analisado pelo coordenador do programa disponível. Nesse sentido, ele terá um prazo de 30 (trinta) dias para tomar uma decisão e dar a resposta.

Mas atenção! É preciso saber, antes de entrar com um recurso, se o grupo de beneficiários do qual se faz parte já foi contemplado ou não. Assim sendo, se ainda não estiver na data do recebimento, será necessário esperar pelo dia em que o dinheiro vai ser depositado.

Auxílio Brasil 2022: Como os bloqueios acontecem

O Ministério da Cidadania é o órgão que tem a responsabilidade de analisar os cadastros das pessoas que se inscreveram no programa Auxílio Brasil. Essa é uma análise que deve acontecer todos os meses. E o motivo por trás disso é para ter a certeza sobre se as famílias ainda estão dentro dos requisitos para continuar recebendo os valores mensais do Auxílio Brasil ou não.

Nesse sentido, um processo de revisão cadastral deve ser feito para então descobrir se os dados inscritos no sistema do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) estão devidamente atualizados. E se não estiverem, a família será convocada para fazer a retificação das informações.

Além disso, uma averiguação também pode ser ser realizada para confirmar se as informações que existem no sistema do Cadastro Único (CadÚnico) estão condizentes com outras bases de dados que estão sob a responsabilidade do Governo Federal. E, então, se forem encontradas inconsistências, a família será convocada para fazer a correção.

Por fim, também se pode citar a revisão de elegibilidade para tomar conhecimento se a família ainda está dentro de todos os requisitos que fazem parte do programa. Se houver o descumprimento de algum requisito, o Auxílio Brasil será bloqueado e, então, a contestação poderá ser feita nos mesmos moldes que já foram apresentados anteriormente.

Está precisando um Cartão de Crédito?

Cartão de Crédito Santander SX

Você sabia que o Santander oferece cartão de crédito sem anuidade? Para conseguir o benefício é preciso gastar R$ 100 em compras ou cadastrar CPF e celular como chaves Pix no Santander.

Veja mais benefícios do cartão de crédito Santander SX:

  • Cartão Online: faça compras na internet antes do seu cartão físico chegar
  • Santander Pass: seu cartão em forma de pulseira, tag para relógio e adesivo.
  • Aproximou, pagou.
  • App Way: acompanhe seus gastos em tempo real e controle seu limite de onde estiver.
  • Descontos em diversos parceiros Esfera.
  • Vai de Visa: tenha acesso a ofertas especiais em lojas e restaurantes.
  • Saque de dinheiro no crédito: faça saques na função crédito e pague só quando chegar a fatura.
  • Parcelamento de fatura em até 24x: tenha mais flexibilidade para pagar a fatura do seu cartão.

Veja mais informações sobre o cartão de crédito Santander SX





Fonte: Fonte: R7