Unicamp abre as inscrições para a oficina de redação para o vestibular – Notícias

0
6









A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) abriu na manhã desta segunda-feira (30) o período para inscrições na oficina: “A Redação no Vestibular Unicamp”. Ao todo são disponibilizadas 400 vagas, preenchidas por ordem de inscrição.


Unicamp: encontros online gratuitos ajudam vestibulandos


Poderão se inscrever professores das redes particular, pública e de cursinhos, bem como alunos de graduação e de pós-graduação. No momento da inscrição será necessário anexar um documento de comprovação.


As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas através da página da Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp) até às 17h do dia 8 de setembro de 2021.









A oficina é destinada a professores de português, literatura e redação dos ensinos fundamental dois, médio e de cursinhos, e também para alunos de graduação (letras, linguística e estudos literários) e pós-graduação (letras e linguística) com o objetivo de informar sobre as características do exame aplicado pela instituição.


A oficina será realizada no dia 25 de setembro das 9 às 17 horas, pela plataforma Google Meet.


Vestibular Unicamp 2022


O vestibular Unicamp tem duas fases e provas de Habilidades Específicas para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais, Dança e Música.


A primeira fase é constituída de uma única prova de Conhecimentos Gerais composta por 72 questões objetivas sobre as áreas do conhecimento desenvolvidas no ensino médio. Cada questão da prova de Conhecimentos Gerais vale um ponto. Assim, a prova da primeira fase vale até 72 pontos. A distribuição das questões é feita da seguinte forma: 12 questões de Língua Portuguesa e Literatura; 12 questões de Matemática; e oito questões de cada disciplina: Biologia, Física, Geografia/Sociologia, História/Filosofia, Inglês e Química.


O participante terá no máximo quatro horas e no mínimo duas horas para a realização da prova na 1ª fase. A convocação para a segunda fase é realizada por curso, em ordem decrescente da nota final da 1ª fase, de acordo com os critérios a seguir e garantindo-se um mínimo de 15% de convocados autodeclarados pretos e pardos. Em cada curso, serão convocados os candidatos que obtiverem 550 pontos ou mais na nota final da primeira fase.


A segunda fase é constituída de provas com questões dissertativas, distribuídas em dois dias. As provas têm uma parte comum para todos os candidatos e uma parte diversificada, de acordo com a área de conhecimento do curso escolhido em 1ª opção (Ciências Biológicas/Saúde; Ciências Exatas/Tecnológicas, Ciências Humanas/Artes). Cada questão dissertativa vale quatro pontos, cada uma contendo dois itens, valendo dois pontos cada.










Fonte: Fonte: R7