Unicamp 2022: pedidos de isenção diminuem 30% e comissão prevê menos candidatos da rede pública: ‘pandemia deixando marcas’ | Campinas e Região

0
18


Os pedidos de isenção na taxa do vestibular 2022 da Unicamp diminuíram 30% no comparativo com a edição anterior, segundo a comissão organizadora do processo seletivo (Comvest). Ao todo são 9,6 mil solicitações em análise e a universidade avalia que o resultado indica que haverá baixa de candidatos das escolas públicas participantes no exame. A lista de beneficiados será divulgada em 30 de julho, no site oficial, e quem não for contemplado terá de desembolsar R$ 180 para participar das provas.

No vestibular anterior, a Unicamp recebeu 13,9 mil solicitações antes da triagem – diferença de 4,2 mil – das quais foram aceitas 9,7 mil, número recorde de contemplados na história da instituição de ensino. O benefício foi disponibilizado nesta edição para candidatos das modalidades tradicional e via notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desde atendidos critérios estipulados em três categorias.

A expectativa da Unicamp é de que entre 8,1 mil e 8,3 mil pedidos sejam aceitos pela universidade após a verificação de cumprimento dos requisitos. A faixa se aproxima ao total da edição 2020.

Pedidos de isenção no vestibular da Unicamp

Número de solicitações diminui no vestibular 2022.

Fonte: Comvest

O diretor da Comvest, José Alves de Freitas Neto, avalia que o número de pedidos reflete não somente impactos da pandemia, mas também o fato de que o prazo para solicitações foi alterado com a retomada da modalidade via Enem. Na edição anterior, a Unicamp decidiu retirá-la do calendário por causa da divergência de calendários entre os dois exames e por isso, chegou a reabrir o período para solicitações após término do período regular. Somente neste prazo foram 4,5 mil pedidos.

“É um indicativo de que devemos ter menos candidatos de escola pública, pois a isenção não significa inscrição automática e também vamos partir de um número menor de pessoas atendidas com a gratuidade. No entanto, acho que teremos um número de inscritos próximo à média dos anos anteriores”, destaca o diretor ao considerar que o movimento por adiamento do Enem, em 2020, também fez com que muitos estudantes estivessem mais atentos a outros processos seletivos.

Em 2021, os alunos oriundos de escolas públicas representaram 34,2% entre os 77,6 mil inscritos.

O diretor da Comvest, José Alves de Freitas Neto — Foto: Reprodução / EPTV

Freitas Neto relata apreensão com os reflexos da crise sanitária na educação pública ao mencionar que os candidatos do vestibular 2022 terão realizado quase dois terços do ensino médio de forma remota ou híbrida, o que altera o aproveitamento da aprendizagem.

“Muitos estudantes estão desmotivados e há casos mais graves de abandono escolar. Isso compromete o futuro dos jovens e o futuro da sociedade. A pandemia está deixando marcas dolorosas, tanto no grande número de vidas perdidas e pessoas enfermas, quanto no campo educacional ao interromper planos e projetos de uma geração de jovens”, lamenta.

A Unicamp abriu o período para pedidos de isenção em 24 de maio e, inicialmente, previa encerrar o prazo em 15 de junho. Contudo, houve uma prorrogação até dia 30 daquele mês. O valor da taxa este ano significa acréscimo de R$ 10 no comparativo com a edição anterior, e a universidade estadual justifica que o reajuste é necessário porque o aumento mais recente foi aplicado há quatro anos.

  • Modalidade 1: candidatos de famílias de baixa renda – até um salário mínimo e meio bruto mensal por morador do domicílio;
  • Modalidade 2: funcionários da Unicamp/Funcamp;
  • Modalidade 3: candidatos dos cursos noturnos de licenciatura ou tecnologia:
  • licenciatura – ciências biológicas, física, letras, licenciatura integrada química/física, matemática e pedagogia;
  • tecnologia – análise e desenvolvimento de sistemas, e em saneamento ambiental.

Todos os candidatos precisam ter cursado o ensino médio integralmente em instituições da rede pública (não se aplica à modalidade 3) e já ter concluído ou finalizar neste ano o ensino médio.

  • Modalidade tradicional
  • Inscrições: 2/08 a 8/9/2021
  • 1ª fase: 7/11/2021
  • 2ª fase: 9/01/2022 e 10/01/2022
  • Provas de habilidades específicas de música: (setembro e outubro, datas a confirmar)
  • Provas de habilidades específicas outros cursos: 19 a 22/01/2022
  • Divulgação da primeira chamada: 14/02/2022
  • Matrícula (não presencial) da primeira chamada: a confirmar
  • Vagas remanescentes: inscrições de 20/9 a 8/10/2021
  • Ingresso via Enem: inscrições de 3 a 30/11
  • Vagas para premiados em olimpíadas de conhecimentos: inscrições de 16/11 a 14/1/2022

VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região



Fonte: Fonte: G1