UEMS divulga nova data do Vestibular 2022

0
23


A Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS) anunciou uma mudança nas datas do Vestibular 2022. Agora, a nova data para a aplicação das provas do vestibular 2022 da UEMS vai ser o dia 8 de janeiro de 2022. Ou seja, um dia antes da data que havia sido anunciada pela universidade anteriormente.

Esta é uma mudança que se revelou necessária logo depois que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou um novo calendário de provas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A partir da nova decisão que foi tomada pelo INEP em relação às provas do Enem, os estudantes que tiveram o direito à isenção do pagamento da taxa de inscrição e não compareceram nas provas da última edição vão poder se inscrever para fazer as provas do Enem nos dias 9 e 16 de janeiro de 2022.

Com isso, a manutenção da data anterior do Vestibular 2022 da UEMS poderia vir a prejudicar os estudantes inscritos no processo da universidade e que também estão inscritos para fazer as provas do Enem nestes dias que foram citados anteriormente.

Assim sendo, a decisão que mudou a data das provas da UEMS para um dia antes foi motivada por esta situação envolvendo a novidade do Enem.

De acordo com o professor Laércio Alves de Carvalho, que é o Reitor da UEMS, um dos objetivos da universidade é o de “ampliar o acesso de toda a população no Ensino Superior. Por isso, nós não podemos coincidir a data do nosso vestibular com as provas do Enem, que é um exame nacional“. Foi assim, portanto, que o atual reitor da UEMS justificou a mudança do dia da prova.

A previsão é de que o Edital do Vestibular 2022 da UEMS seja divulgado até o mês de novembro, com todas as informações referentes a inscrições para o vestibular, prazos e os cronogramas previstos.

Ingresso nos cursos da UEMS em 2022

Para o Vestibular 2022, a Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS) vai ofertar um total de 2300 vagas, com uma divisão de 50% sendo ofertadas pelo processo seletivo próprio da universidade, e outras 50% das vagas sendo ofertadas por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU).

E se após estes dois processos serem realizados, ainda houverem vagas remanescentes, vai ser realizado o Processo Seletivo Permanente, o PSP, que é um sistema que utiliza as notas do Enem anterior.

E se depois de todos estes processos que foram citados anteriormente, ainda restarem vagas a serem preenchidas, vai ser necessário recorrer ao uso das notas do Histórico Escolar dos candidatos. Porém, apesar desta possibilidade, a expectativa da UEMS é de que todas as vagas sejam preenchidas nos dois processos seletivos principais, que são o Vestibular 2022 da universidade e o Sisu, que é administrado em nível nacional pelo Ministério da Educação.





Fonte: Fonte: R7