Tudo o que é preciso saber antes de fazer a inscrição no Prouni – Notícias

0
13





As inscrições para o Prouni (Programa Universidade para Todos) para o segundo semestre começam na terça-feira (13). Veja o que os interessados em conquistar uma bolsa de estudos precisam saber antes de participar do programa.


O Prouni é um programa de acesso ao ensino superior que oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições particulares de ensino para quem não tem ensino superior.


Quais as bolsas são oferecidas pelo Prouni?


Bolsa integral: para estudantes que comprovem renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.Bolsa parcial de 50%: para estudantes que comprovem renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até três salários mínimos.





Preciso ter feito o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para participar do Prouni?


Sim. O estudante que participou da última edição do Enem e obteve no mínimo 450 pontos na média das notas do exame, além de nota na redação maior do que zero pode participar. Os resultados do Enem são usados como critério na distribuição das bolsas de estudo, isto é, as bolsas são concedidas conforme as notas obtidas pelos estudantes no exame.


Quais os critérios utilizados no Prouni?


Além da renda e da participação no Enem, o estudante precisa ter cursado o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral em uma instituição privada. Pessoas com deficiência e professores da rede pública, que atuem na educação básica.


Como fazer a inscrição?


A inscrição é feita na página do programa pela internet. O estudantes deve ficar atento ao calendário definido pelo MEC





Existe a política de cotas no Prouni?

Sim, o Prouni reserva bolsas a pessoas com deficiência e aos autodeclarados indígenas, pardos ou pretos (nomenclatura usada pelo IBGE). O percentual de bolsas destinadas a cotistas é igual àquele de cidadãos pretos, pardos e indígenas, em cada unidade da Federação, segundo o último censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Vale lembrar que o candidato cotista também deve se enquadrar nos demais critérios de seleção do Prouni.


Uma vez que conquistei uma bolsa, corro o risco de perder?


Sim. O estudante que faltar a mais de 25% das aulas, reprovar em 75% das matérias, que se matricular em outra instituição de ensino, que perca a data da matrícula ou mude o padrão de renda pode perder a bolsa de estudos. O mesmo vale caso seja comprovada a falsificação de documentos


Quais os critérios de desempate?


No caso de notas idênticas na média aritmética das notas do Enem, o desempate entre os candidatos será determinado de acordo com a seguinte ordem de critérios: maior nota na prova de redação; maior nota na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias; maior nota na prova de matemática e suas tecnologias; maior nota na prova de ciências da natureza e suas tecnologias e maior nota na prova de ciências humanas e suas tecnologias.


Quantas vagas são oferecidas neste ano?


Ministério da Educação, oferece 134.329 bolsas, sendo 69.482 integrais e 64.847 parciais, para 10.821 cursos em 952 instituições de ensino superior da rede privada. A consulta para conhecer as opções de cursos já está aberta na página do programa.





Fonte: Fonte: R7