Segunda etapa do Revalida 2020 ocorre neste fim de semana – Notícias

0
15



A segunda etapa do Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira) 2020 ocorre neste sábado (10) e domingo (11) em 13 cidades brasileiras.


Os participantes realizaram provas de habilidades clínicas. O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) antecipou em uma hora, o primeiro período de provas em relação ao previsto originalmente no edital. O exame iniciará às 13h10 (horário de Brasília).



As cidades que recebem o Revalida são Belém (PA), Brasília (DF), Campina Grande (PB), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Maceió (AL), Salvador (BA), São Luís (MA), São Paulo (SP), Teresina (PI), Uberlândia (MG) e Vitória (ES).


Os participantes serão divididos em dois grupos para realizarem as provas. A abertura dos portões ocorrerá ao meio-dia e o fechamento, às 13h. A partir das 17h, os participantes já podem deixar o local. No segundo período, a abertura dos portões ocorre às 16h e o fechamento, às 17h. A prova inicia às 17h10 e os participantes poderão sair do local logo que finalizarem o exame.


Ministérios devem elaborar protocolo para aulas presenciais


Para realização do exame os candidatos devem portar documentos de identificação pessoal emitidos por instituições como secretarias de Segurança Pública, polícias Militar e Federal ou pelas Forças Armadas. O participante poderá conferir a relação completa dos documentos aceitos no Edital através do site do Instituto. É importante estar atento ao Cartão de Confirmação de Inscrição. O documento contém informações como número de inscrição, data, hora e local de prova. Apesar de não ser obrigatório, o Inep recomenda levar o cartão nos dias de aplicação.


Exame


O exame deste fim de semana está estruturado em um conjunto de dez estações (cinco em cada dia), que serão percorridas ao longo dos dois dias de provas, nas quais os participantes deverão realizar tarefas específicas das áreas determinadas. Elas podem incluir investigação de história clínica, interpretação de exames, formulação de hipóteses diagnósticas, demonstração de procedimentos médicos, aconselhamento a pacientes ou familiares, entre outros.


Em cada estação, os participantes dispõem de 10 minutos para realizar as tarefas exigidas. Após fim do tempo estipulado para a execução da rodada, o participante, obrigatoriamente, deve mudar de estação. Com isso, em cada um dos dois dias de aplicação, os participantes têm cerca de 50 minutos para concluir as tarefas e atividades.


O participante aprovado na segunda etapa estará apto a prosseguir com o processo de revalidação do diploma junto a uma das universidades parceiras. Trinta instituições já firmaram o termo de adesão ao exame. A lista das instituições pode ser acessada no portal do Inep.


Caso o participante reprove na segunda etapa, ele poderá se reinscrever diretamente nessa etapa pelas duas próximas edições do exame. A diretriz é uma novidade do Revalida 2020.




Fonte: Fonte: R7