Saiba como aumentar as chances de conquistar uma vaga pelo Sisu – Notícias

0
11




 


Para garantir uma vaga em uma universidade pública é importante que os participantes acompanhem efetivamente as mudanças na nota de corte até o último dia de inscrição no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) nesta sexta-feira (6).


Para ajudar estudantes nesse processo, o R7 entrevistou Rommel Domingos, diretor de Ensino do Grupo Bernoulli. Veja as principais dicas para aumentar as chances de aprovação no sistema de seleção:







1.Faça o acompanhamento das simulações diariamente:

Para o especialista a simulação se aproxima da realidade do participante. Os candidatos podem modificar as opções quantas vezes quiserem e assim simular os resultados. O sistema irá considerar a última opção preenchida. “Esse processo é fundamental, pois ajuda o candidato a saber a nota de corte, como também a classificação na listagem e verificar a probabilidade de estar na lista de espera ou não”, explica. “Criar uma tabela de monitoramento com a evolução das notas de corte dos cursos e instituições de ensino, também é valido como estratégia”, sugere Domingos.


2. Procure saber como as instituições de ensino calculam as notas:

Algumas instituições usam de maneiras diferentes as notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Algumas avaliam pela média das áreas cobradas, outras podem dar pesos diferentes às notas. “Quando o estudante escolhe o curso e a faculdade, o sistema já apresenta a média do aluno e a nota de simulação do último corte”, diz. “Uma boa sugestão é o participante procurar por instituições onde o maior peso seja na disciplina que ele teve o melhor rendimento”, avalia.







3. Pesquise sobre a quantidade de chamadas:

Em algumas instituições após a chamada regular as convocações continuam. Caso não seja convocado, o participante poderá ser classificado nas próximas chamadas, se houver. Segundo Domingos, acompanhar a nota, entender o número de chamadas que costumam ser realizadas pelo curso escolhido são passos importantes para o estrategista. “Os próprios sites das instituições divulgam as últimas notas de corte, assim o participante irá entender as possibilidades de classificação nas chamadas subsequentes”.


Caso não tenha sido aprovado em nenhuma das duas opções, o participante deverá escolher em qual lista de espera prefere entrar. “É necessário considerar em qual das faculdades você tem mais chance de conseguir a vaga e depois decidir em qual delas vai querer ficar na lista de espera”, comenta. “Você só pode entrar em uma lista de espera, ou da 1ª ou da 2ª opção, isso precisa estar claro”, finaliza.


Na lista de espera, é importante que o candidato acompanhe junto à instituição da vaga escolhida as convocações para matrícula.


Sobre o programa Sisu


O Sisu é um programa do MEC (Ministério da Educação) que oferece vagas em universidades públicas sem precisar fazer o vestibular próprio da instituição de ensino. O processo seletivo do Sisu é totalmente automatizado e utiliza as notas do Enem para classificar os participantes.


Os candidatos têm até às 23h59 da próxima sexta-feira (6) para concluir a inscrição através da página eletrônica do programa. O resultado será divulgado em chamada única no dia 10 de agosto. O período para matrícula dos selecionados vai de 11 a 16 de agosto de 2021.


Sisu oferece 62.365 mil vagas em todo o país neste segundo semestre


Quem não for selecionado em nenhuma das duas opções de curso indicadas no ato de inscrição ainda pode disputar uma das vagas por meio da lista de espera. O prazo para manifestar o interesse em participar dessa etapa vai de 10 a 16 de agosto.


*Estagiário do R7 sob supervisão de Karla Dunder








Fonte: Fonte: R7