Revalida 2021: primeira etapa acontece no próximo domingo (5) – Notícias

0
11





O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) realizará no próximo domingo (5) a aplicação da primeira etapa do Revalida (Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira) 2021.


O exame será aplicado em oito capitais brasileiras: Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio Branco (AC), Salvador (BA) e São Paulo (SP). Os participantes farão duas provas: uma objetiva e outra discursiva, nos turnos da manhã e da tarde, respectivamente.





Para a prova objetiva, o participante terá cinco horas para responder as cem questões de múltipla escolha, no horário das 8h às 13h. Já a prova discursiva será composta por cinco questões, que devem ser resolvidas em até quatro horas, das 15h30 às 19h30. Os participantes com direito a tempo adicional terão uma hora a mais, em cada turno, para finalizar as provas. A aplicação do exame seguirá o horário de Brasília.


Crianças chinesas têm aulas sobre o ‘pensamento de Xi Jinping’


Por meio do Cartão de Confirmação de Inscrição disponível no Sistema Revalida, os participantes podem conferir as informações sobre os locais de prova e os horários de abertura e fechamento dos portões. O documento também informa se o participante conta com atendimento especializado ou se deve ser tratado pelo nome social. Embora não seja obrigatório, o Inep recomenda levar o cartão no dia da aplicação do exame.


Revalida


O Revalida busca subsidiar a revalidação no Brasil do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. É composto por duas etapas (teórica e prática) que abordam, de forma interdisciplinar, as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).


Estudante de escola pública passa em Medicina da USP aos 19 anos


As referências do Revalida são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional. O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do SUS (Sistema Único de Saúde).


Apesar de ser aplicado pelo Inep, o ato de apostilamento da revalidação do diploma é uma atribuição das universidades públicas que aderem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.






Fonte: Fonte: R7