Rejeição de cancelamento no Airbnb provoca vingança insana de turistas chineses

Recentemente o site NetEase News noticiou um fato inusitado e ao mesmo tempo difícil de acreditar, envolvendo um casal chinês que fez um verdadeiro estrago numa casa de Airbnb da Coreia do Sul.

De acordo com a notícia, o casal, que não foi identificado, deixou os registros de gás, torneiras e interruptores de energia ligados ao saírem do imóvel alugado. Ainda segundo as informações do site, o imóvel ficou 25 dias nessa condição.

Como resultado de todo esse desperdício, estima-se que 120 toneladas de água tenham sido jogadas fora. Além disso, a gastança gerou US$ 116 (aproximadamente R$ 585) de conta de energia e US$ 730 (aproximadamente R$ 3.685) de gás.

No decorrer da matéria, o NetEase News detalha os motivos pelos quais o casal chinês teria decidido tomar essa atitude bizarra.

Motivo da Vingança

Quando entrevistado, o dono do imóvel, que também não se identificou, conta que muito provavelmente os atos foram motivados por um desejo de vingança do casal, por ele não ter aceitado um pedido de cancelamento da reserva, feito antes de as duas pessoas chegarem ao imóvel.

Segundo o anfitrião, que mora em Seul, capital da Coreia do Sul, a recusa em cancelar a reserva se deu pelo fato de o pagamento ter sido feito antecipadamente.

O casal vingativo reservou o imóvel por 25 dias, mas, segundo o proprietário, passaram todo o período viajando pelo país, voltando à casa alugada a cada 5 dias e demorando poucos minutos, fato que chamou a atenção do anfitrião.

Quando o período de aluguel finalmente acabou, o dono do imóvel então foi conferir a casa, constatando o desperdício causado pelos dois chineses.

Ele conta ainda que representantes da concessionária de gás ligaram para tentar descobrir os motivos do aumento expressivo no consumo de gás de cozinha que estava sendo notado.

Além dos US$ 116 de energia e US$ 730 de gás, o casal gerou cerca de US$ 728 em outras despesas, somando um total de US$ 1576 (aproximadamente R$ 7.957) de prejuízo.

O dono do imóvel ainda entrou em contato com o Airbnb para tentar achar uma solução, mas sem sucesso. Segundo o serviço de apoio do app, esse caso teria que ser resolvido entre o anfitrião e seus hóspedes.

Por fim, o anfitrião tentou localizar o casal, mas eles já tinham voltado para a China. No final de tudo, o homem teve que arcar com as despesas.

Fonte: Fonte: R7