Questões resolvidas sobre tecido sanguíneo

01) (UERJ/2023) A diapedese é um processo no qual determinadas células do sangue saem da corrente sanguínea e penetram em diferentes tecidos para executar uma função que garante a sobrevivência do organismo. Essa função é denominada:
A) oxigenação
B) cicatrização
C) coagulação
D) proteção

02) (UVV/2020)  O tecido conjuntivo consiste em uma estrutura complexa, sendo formado por diferentes tipos de células e fibras, em diferentes proporções. Além desses elementos, as propriedades e as funções são definidas pelo tipo de substância contida na matriz extracelular. Essas características tornam o tecido conjuntivo o mais diversificado entre todos os tecidos animais.

São exemplos de tipos especiais de tecido conjuntivo o
A) cartilaginoso e o sangue.
B) muscular e o ósseo.
C) adiposo e o epitelial.
D) nervoso e o muscular.
E) epitelial e o hematopoiético.

03) (Unesp/2023) Fábio e Rogério, dois irmãos gêmeos monozigóticos, adultos e saudáveis, encontraram-se em São Paulo, a fim de doarem sangue para o irmão mais novo, Marcelo, também adulto, que acabara de ser diagnosticado com leucemia mieloide.

Os três moram em São Paulo, mas Fábio voltou às pressas do Guarujá, no litoral de São Paulo, onde passa-va férias há 20 dias. Rogério voltou de La Paz, na Bolívia, onde também estava em férias há 20 dias. Assim que que se encontraram, foram submetidos a um exame de sangue, hemograma, para avaliação de seus parâmetros hematológicos.

A tabela apresenta alguns dados obtidos com o hemograma de cada um deles.

Os resultados dos hemogramas indicam que os indivíduos 1, 2 e 3 correspondem, respectivamente, a
A) Rogério, Marcelo e Fábio.
B) Fábio, Rogério e Marcelo.
C) Fábio, Marcelo e Rogério.
D) Marcelo, Rogério e Fábio.
E) Marcelo, Fábio e Rogério.

04) (Enem/2022) O veneno da cascavel pode causar hemorragia com risco de morte a quem é picado pela serpente. No entanto, pesquisadores do Brasil e da Bélgica desenvolverem uma molécula de interesse farmacêutico, a PEG-collineína-1, a partir de uma proteína encontrada no veneno dessa cobra, capaz de modular a coagulação sanguínea. Embora a técnica não seja nova, foi a primeira vez que o método foi usado a partir de uma toxina animal na sua forma recombinante, ou seja, produzida em laboratório por um fungo geneticamente modificado.
JULIÃO, A. Técnica modifica proteína do veneno de cascavel e permite criar fármaco que modula a coagulação sanguínea.
Disponível em: https://agencia.fapesp.br. Acesso em: 22 nov. 2021 (adaptado).

Esse novo medicamento apresenta potencial aplicação para
A) impedir a formação de trombos, típicos em alguns casos de acidente vascular cerebral.
B) tratar consequências da anemia profunda, em razão da perda de grande volume de sangue.
C) evitar a manifestação de urticárias, comumente relacionadas a processos alérgicos.
D) reduzir o inchaço dos linfonodos, parte da resposta imunitária de diferentes infecções.
E) regular a oscilação da pressão arterial, característica dos quadros de hipertensão.

05) (UECE)  Os linfócitos B quando passam a se multiplicar e a produzir anticorpos que atacam o invasor são chamados de

A) plasmócitos.
B) neutrófilos.
C) macrófagos.
D) monócitos.

06) (Pism-UFJF/2021) CORONAVÍRUS USA ESTRATÉGIA SIMILAR A DO HIV PARA INFECTAR CÉLULAS DE DEFESA

“Pesquisa indica que o vírus Sars-Cov-2 é capaz de infectar e se replicar no interior de linfócitos, podendo levar essas células de defesa à morte e comprometer o sistema imunológico. De acordo com os cientistas, o vírus da Covid-19 age de maneira semelhante ao HIV, causador da AIDS.

Tanto o HIV quanto o novo coronavírus afetam um tipo de linfócito conhecido como T CD4, responsável pela
coordenação da resposta imune adaptativa, que ajuda na produção de anticorpos e proliferação de células que se encarregam de reconhecer e matar células infectadas. Os resultados sugerem que, em alguns pacientes, o
coronavírus pode causar um quadro de imunodeficiência aguda não só porque mata o linfócito T CD4, mas porque prejudica as funções da célula infectada.”
Disponível em: https://jornal.usp.br/ciencias/coronavirus-usa-estrategia-similar-a-do-hiv-para-infectar-celulas-de-defesa/. Acesso em 14 out. 2021.

O Sars-Cov-2, causador da Covid-19, e o HIV, causador da AIDS, podem levar à morte células de defesa chamadas linfócitos T. Sobre essas células, marque a opção CORRETA:
A) Estão envolvidas na produção de anticorpos e na coagulação do sangue.
B) Formam o sistema imunitário humano em conjunto com os eritrócitos (hemácias).
C) Fazem parte do tecido hematopoiético e concentram-se em órgãos do sistema linfático.
D) São um tipo de leucócito, células encontradas em maior quantidade no sangue humano.
E) Originam-se da medula encontrada em órgãos como timo e baço e alojam-se nos tecidos linfáticos.

07) (FCMSC-SP/2022) Um corte pequeno ou um arranhão ocasional não representam um risco de vida porque o corpo humano saudável realiza o fenômeno de coagulação sanguínea, que contém a hemorragia e opera posterior recuperação dos tecidos. No processo de coagulação sanguínea, na área do tecido lesado

A) a vitamina K atua na formação direta do fibrinogênio e da trombina, que se aderem às bordas do ferimento para reter os glóbulos sanguíneos.
B) a tromboplastina converte o fibrinogênio em fibrina, que catalisa a conversão da protrombina em trombina, formando uma rede proteica que aumenta a adesão das plaquetas.
C) as fibrinas convertem a trombina em protrombina, que imediatamente adere-se às bordas do ferimento, facilitando o poder adesivo das plaquetas.
D) a tromboplastina converte a protrombina em trombina, que catalisa a conversão do fibrinogênio em fibrina, formando uma rede proteica que retém os glóbulos sanguíneos.
E) o fibrinogênio converte a tromboquinase em trombina, que imediatamente forma coágulos nos vasos lesionados para reduzir a circulação sanguínea.

08) (UFRGS/2020)  No bloco superior abaixo, estão denominadas as duas linhagens de células-tronco medulares que ocorrem na medula óssea vermelha; no inferior, tipos de células e de elementos figurados do sangue que se originam dessas linhagens.

Associe adequadamente o bloco inferior ao superior.

1. Células-tronco mieloides
2. Células-tronco linfoides

( ) Hemácias
( ) Linfócitos T
( ) Monócitos
( ) Plaquetas

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
A) 1 – 2 – 1 – 1.
B) 1 – 2 – 1 – 2.
C) 2 – 1 – 2 – 1.
D) 1 – 2 – 2 – 1.
E) 2 – 1 – 1 – 2.

09) (Enem/2017 – Libras) O quadro indica o resultado resumido de um exame de sangue (hemograma) de uma jovem de 23 anos.

Com base nesses resultados, qual alteração fisiológica a jovem apresenta?

A) Dificuldade de coagulação sanguínea.
B) Diminuição da produção de anticorpos.
C) Aumento dos processos infecciosos e alérgicos.
D) Diminuição no transporte dos gases respiratórios.
E) Aumento da probabilidade de formação de coágulo no sangue.

Resolução das Questões sobre Tecido Sanguíneo

01) Na diapedese, certos tipos de glóbulos brancos deixam os vasos sanguíneos e circulam nos tecidos adjacentes, onde realizam a fagocitose de agentes estranhos ao organismo (antígenos).
Resp.: D

02) São modalidades de tecido conjuntivo: conjuntivo de propriedades gerais (denso e frouxo), adiposo, ósseo, cartilaginoso, sanguíneo e hematopoiético.
Resp.: A

03) O indivíduo 1 é Rogério, identificado pelo maior número de hemácias em relação aos valores de referência, pelo fato de ter passado 20 dias em La Paz, onde a altitude é elevada e a pressão parcial do oxigênio é menor. O indivíduo 2 é Marcelo, com baixa taxa de hemácias, decorrente da leucemia mieloide.

O indivíduo 3 é Fábio, com número de hemácias dentro dos valores de referência, indicando uma pessoa normal e que se encontrava em local de baixa altitude.
Resp.: A

04) O medicamento produzido pode auxiliar na prevenção da formação de trombos (coágulos), muito comuns em situações de acidente vascular cerebral.
Resp.: A

05) Após saírem dos vasos sanguíneos, os linfócitos B passam à denominação de plasmócitos, cuja função é a produção de anticorpos (resposta imune humoral).
Resp.: A

06) Os linfócitos T são um tipo de glóbulo branco que se originam na medula óssea e sofrem maturação no timo, onde serão testados para
certificação de que podem ir para a circulação como células de defesa do sistema imune.
Resp.: C

07) Quando ocorre um ferimento, as plaquetas liberam tromboplastina (fator III de coagulação) que atua sobre a protrombina (presente no plasma, na forma inativa), ativando-a (trombina). A trombina atua sobre o fibrinogênio (proteína plasmática, produzida pelo fígado) que se transforma em fibrina. Essa proteína forma uma rede no local do ferimento, onde as células sanguíneas param, formando o coágulo.
Resp.: D

08) Apenas os linfócitos T, dentre as células citadas, fazem parte da linhagem linfoide.
Resp.: A

09) A jovem apresenta uma taxa de plaquetas abaixo do normal, o que ocasionará uma dificuldade de coagulação sanguínea.
Resp.: A



Fonte: Fonte: R7