Pronatec está oferecendo mais de 750 vagas neste mês de junho

0
43


O Pronatec, Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego criado em 2011 pelo Governo Federal, através da Lei nº 12.513, com o objetivo de oferecer maior oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT), por intermédio de programas, projetos e ações de assistência técnica e financeira.

Dessa forma, o Pronatec procura expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica no país, suas ações colaboram para a melhoria da qualidade do ensino médio público.

Nesse sentido, os projetos educacionais estão voltados para a formação profissional de jovens, trabalhadores e beneficiários de programas de transferência de renda.

O programa está oferecendo mais de 750 vagas. Confira mais informações sobre as oportunidades.

Pronatec

Criado em 2011 pelo Ministério da Educação (MEC), o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) é mais uma ferramenta de acesso educacional.

Nesse sentido, a ferramenta é destinada aos estudantes e trabalhadores brasileiros. Além disso, visam alcançar grandes oportunidades na vida profissional.

O programa tem como finalidade expandir e democratizar o ingresso dos jovens e adultos de baixa renda a uma educação técnica de qualidade, por meio da oferta de cursos de educação profissional e tecnológica gratuitos.

Quem pode cursar o PRONATEC

O Pronatec é destinado a alunos oriundos da rede pública de ensino, concluintes do ensino médio, bem como da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Além destes, podem cursar o PRONATEC os trabalhadores e beneficiários de programas de transferência de renda.

Além disso, os estudantes bolsistas da rede particular de ensino, desde que sejam bolsistas integrais, também podem participar do projeto.

Pronatec, cursos 2021

O Pronatec funciona de forma abrangente e seu propósito é de estimular e atender o maior número de pessoas possível, por isso ele trabalha com duas modalidades de formação que são os cursos técnicos e a Formação Inicial e Continuada (FIC), entenda como funciona:

  • Cursos técnicos: a formação na educação técnica capacita o aluno com conhecimentos teóricos e práticos em atividades dos setores de produção e serviço.

A carga horária varia de 800 a 1200 horas, com duração média de um ano e meio a dois anos.

Além disso, para concorrer na modalidade de curso técnico o estudante deve estar matriculado ou ter concluído o ensino médio.

  • Formação Inicial e Continuada: esse curso tem foco em uma formação mais específica, atuando com carga horária mínima de 160 horas, o curso dura cerca de três a seis meses.

O público destinado é extenso. Pode atingir desde estudantes do ensino médio da rede pública, pessoas com deficiência até trabalhadores em processo de reabilitação profissional.

Nesse sentido, no site do programa: http://pronatec.mec.gov.br é encontrada a lista completa.

Além disso, para concorrer na modalidade de formação inicial e continuada existe uma variação que atende desde o ensino fundamental incompleto até o ensino médio completo.

Modalidade dos Cursos Técnicos

No Pronatec existe três tipos de cursos técnicos, concomitantes, integrados e subsequentes, veja como funciona cada um deles:

Cursos técnicos concomitantes

Primeiramente, saiba que são cursos para estudantes que estejam cursando o ensino médio e que tenham interesse em realizar um curso técnico ou profissionalizante pelo Pronatec.

Portanto, dirija-se à secretária de sua instituição de ensino e expresse seu desejo e você será orientado como proceder para se candidatar.

Cursos técnicos integrados: são cursos voltados para estudantes que vão iniciar o ensino médio e querem se integrar com o ensino técnico.

Dessa forma, a modalidade é destinada para os alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Mas os estudantes que vão iniciar o ensino médio em idade regular também podem participar.

Nesse caso aconselho acompanhar as divulgações em sua escola, pela Internet ou ainda buscar informações na secretaria de sua escola.

Cursos técnicos subsequentes: esses cursos são destinados para estudantes que já concluíram o ensino médio e almejam uma formação técnica.

A oferta de vagas acontece por meio do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), tendo como critério de acesso a nota da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Por fim, você agora conhece todas as modalidades que pode se encaixar, basta saber a sua e correr para realizar seu sonho.

Pronatec Voluntário

Essa modalidade de Pronatec acontece quando uma instituição privada de educação profissional e tecnológica, oferta vagas ao sistema Pronatec, sem cobrar ônus do MEC.

Dessa forma, este programa recebe estudantes maiores de 15 anos, e sua inscrição é feita através do site SISTEC: http://sitesistec.mec.gov.br.

Assim, veja quem pode entrar no Pronatec Voluntário:

  • Estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive EJA, ou da rede particular na condição de bolsista integral;
  • Trabalhadores, incluindo-se os agricultores familiares, silvicultores, aquicultores, extrativistas e pescadores; beneficiários dos programas federais de transferência de renda;
  • Mulheres responsáveis pela unidade familiar beneficiárias de programas federais de transferência de renda;
  • Pessoas com deficiência;
  • Povos indígenas; comunidades quilombolas;
  • Adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas.

Além disso, você ainda pode se matricular esse ano, mas se apresse que as inscrições para o segundo semestre encerra agora em Junho/21, para maiores informações acesse a página do Pronatec.





Fonte: Fonte: R7