prepare-se para temperaturas mais baixas!

Embora tenha havido um início de semana quente em grande parte do país, uma nova frente fria está se aproximando e é provável que as temperaturas caiam no fim de semana.

De acordo com as estimativas, na sexta-feira (5), algumas regiões do Sul, incluindo a metade sul do Paraná, Santa Catarina e o norte do Rio Grande do Sul, podem ser afetadas por pancadas de chuva que resfriarão a temperatura.

Essas condições climáticas estão sendo causadas por uma área de baixa pressão atmosférica que estacionou entre o Rio Grande do Sul e a Argentina.

Os meteorologistas recomendam que os residentes do sul fiquem em alerta, já que as chuvas persistentes podem resultar em transtornos nessas áreas específicas.

No Sudeste do país, é esperado tempo firme na maior parte da região, enquanto o Centro-Oeste está enfrentando um efeito de massa de ar seco e quente, aumentando as temperaturas e reduzindo a umidade do ar.

Por outro lado, no Norte e Nordeste, aguardam-se pancadas de chuva com cerca de 40 mm de volume, devido à influência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). É previsto que as chuvas ocorram em uma área que se estende desde o Amapá até o sudoeste do Piauí.

Previsões para além deste final de semana

A frente fria que está chegando ao Sul do país nesta sexta-feira deve permanecer por lá até o dia 8 de maio, especialmente na faixa leste e norte do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Além disso, os acumulados das chuvas que vão cair na região podem chegar a 150 milímetros. Embora haja previsão de chuvas também no sudoeste do Paraná, espera-se que os volumes sejam menores, variando entre 35 e 100 milímetros.

No início da próxima semana o tempo se manterá firme no Sudeste, bem como em algumas partes do Centro-Oeste e Nordeste, devido à permanência de uma massa de ar seco nessas regiões.

Contudo, no norte do país espera-se chuvas tropicais, com volumes entre 35 e 150 milímetros, do oeste do Amazonas até o sul do Maranhão.

Para a segunda metade de maio, entre os dias 9 e 14, é esperado o retorno das chuvas ao Sudeste, porém de forma irregular. Enquanto isso, a chuva deve diminuir no Sul e continuar expressiva na região Norte, principalmente no território do Amazonas e em Roraima.

Fonte: Fonte: R7