Plantas ameaçadas de extinção tornam-se ostentação

0
11


Já notou que de uns tempos para cá está cada vez mais fácil encontrar gente nas redes sociais compartilhando fotos de plantas em “florestas amazônicas” particulares? Pois plantas brasileiras ameaçadas de extinção tornaram-se ostentação milionária.

Parece que a era das plantas conceituais veio para ficar. Mas o que muitos não sabem é que existe um mercado milionário por detrás dessa ostentação.

Primeiramente, espécies a beira da extinção e alvo de contrabando, aparecem em fotos e vídeos do Instagram com uma frequência cada vez maior.

Colecionadores e vendedores disputam um espaço de comércio, em que plantas raras são ofertadas em valores que chegam a até R$ 150 mil.

O problema se centra na comercialização dessas plantas. Quem possuir essas espécies, sobretudo as nativas, ou for presenteado não está cometendo um crime.

No entanto, cada vez mais essas plantas estão aparecendo em anúncios pela internet.

O Caso Philodendron Spiritus Sancti

Pelo nome já é fácil imaginar de onde vem essa planta brasileira. Pertencente a uma pequena região serrana do Espírito Santo, tornou-se fenômeno entre colecionadores.

Philodendron Spiritus Sancti

 

Enquanto em seu habitat natural ela fica cada vez mais rara, no Instagram uma rápida pesquisa pela espécie te oferece milhares de resultados.

Um dos resultados é do colecionador e youtuber Samuel Gonçalves, que gerou polêmica ao exibir, como uma espécie de troféu, a planta raríssima.

Não demorou muito até que os internautas começassem a questionar o porquê de ter uma planta rara em sua coleção, quando poderia estar na natureza.

Sendo assim, o debate em torno dessa verdadeira ostentação a respeito de plantas exóticas e raras ganhou corpo na internet.

Urban Jungles

A presença de espécies raras ou apenas a enorme quantidade de plantas em um apartamento, foi febre durante a pandemia. São as “urban jungles”.

Nesses jardins urbanos, muitos colecionadores trocam as experiências de cultivo das plantas das quais muitas estão ameaçadas de extinção.

O fenômeno também impulsionou a aparição de um mercado milionário. Diversos vendedores e contrabandistas começaram a vender, pela internet, plantas quase extintas.

Por fim, ao incluir o fator influência nessa operação, muitos pesquisadores levantam o debate a respeito da péssima influência que é exibir plantas brasileiras ameaçadas de extinção como artigo de luxo.

Então, ficou interessado para conhecer mais sobre o mundo das plantas e ficar informados das notícias do Brasil e do mundo? Acesse o Escola Educação e conheça todo o conteúdo! Acesse aqui!





Fonte: Fonte: R7