Piora da pandemia faz Unicamp adiar prova do vestibular indígena 2021 de abril para junho | Campinas e Região

0
14


A Unicamp confirmou na tarde desta quinta-feira (18) o adiamento da prova do vestibular indígena 2021, de 11 de abril para 20 de junho, em virtude da piora da pandemia da Covid-19 no Brasil. Esta é a terceira edição do processo seletivo e a universidade estadual contabiliza recorde de inscritos: são 1.697 na disputa por 88 vagas. Veja abaixo os cursos mais concorridos e como fica o cronograma.

A comissão organizadora diz que o ingresso dos novos estudantes segue previsto para agosto deste ano, embora as datas para chamadas de candidatos aprovados e matrículas tenham sido alteradas. A prova será aplicada em seis cidades: Bauru (SP), Campinas (SP), Caruaru (PE), Dourados (MS), São Gabriel da Cachoeira (AM) e Tabatinga (AM).

A cidade com mas inscritos nesta edição é São Gabriel da Cachoeira (AM), com 717, número que supera em 40% o total registrado no vestibular anterior. Em segundo lugar está Tabatinga (AM), onde há 636 estudantes inscritos, quantidade que representa uma diminuição de 24% em relação a 2020.

A graduação em nutrição é a mais procurada e reúne 178 candidatos. Em seguida está engenharia da computação – nova opção para 2021 – com 137 interessados.

  1. Nutrição: 178
  2. Engenharia da computação (integral): 137
  3. Administração: 125
  4. Pedagogia (integral): 112
  5. Educação física (integral): 79
  6. Administração pública: 79
  7. Engenharia elétrica (integral): 60
  8. Ciência da computação: 58
  9. Arquitetura e urbanismo: 38

A maioria dos cursos oferece duas vagas para indígenas, mas há exceções, como uma vaga para ciências do esporte e cinco oportunidades em tecnologia em saneamento ambiental.

Prova de múltipla escolha e redação

De acordo com a Comvest, a prova será em língua portuguesa, composta de questões de múltipla escolha e uma redação. O conteúdo será dividido da seguinte forma:

  • Linguagens e códigos (14 questões)
  • Ciências da natureza (12 questões)
  • Matemática (12 questões)
  • Ciências humanas (12 questões)
  • Redação

A Unicamp ressalta que todos os candidatos inscritos no vestibular indígena precisam comprovar que pertencem a uma das etnias indígenas do território brasileiro, por meio da documentação indicada em edital, a ser entregue no dia da prova do vestibular.

“Outro pré-requisito é que os candidatos tenham cursado o ensino médio integralmente na rede pública (municipal, estadual, federal), ou em escolas indígenas reconhecidas pela rede pública de ensino ou tenham obtido a certificação do ensino médio pelo Enem ou exames oficiais (por exemplo, o Enceja) e não tenham cursado nenhum período do ensino médio na rede particular”, diz texto da Unicamp.

  • 20/06: Aplicação da prova do vestibular, às 13h (horário local).
  • 07/07: Divulgação dos convocados em 1ª chamada e da lista de espera, no site da Comvest.
  • 07/07 e 08/07: Matrícula virtual dos convocados em 1ª chamada, no site da Comvest.
  • 13/07: Divulgação dos convocados em 2ª chamada.
  • 13/07 e 14/07: Matrícula virtual dos convocados em 2ª chamada, no site da Comvest.
  • 19/07: Divulgação dos convocados em 3ª chamada.
  • 19/07 e 20/07: Matrícula virtual dos convocados em 3ª chamada, no site da Comvest.
  • 22/07: Divulgação dos convocados em 4ª chamada.
  • 22/07 e 23/07: Matrícula virtual dos convocados em 4ª chamada, no site da Comvest.
  • 05/08: Divulgação dos convocados em 5ª chamada.
  • 09/08: Matrícula presencial, em local a ser informado.

Vídeos: tudo sobre Campinas e região



Fonte: Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui