Passagens aéreas sobem drasticamente

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Ultimamente, devido à inflação, está difícil fazer praticamente qualquer atividade de lazer. De fato, houve um tempo no qual as pessoas conseguiam planejar-se para viajar, tirar férias e curtir com os amigos e a família. No entanto, essa realidade parece estar longe de acontecer de novo, ainda mais com as passagens aéreas subindo drasticamente no Brasil, registrando aumentos exorbitantes em todos os meses deste ano.

Leia também: Despacho gratuito de bagagem pode fazer com que a passagem fique mais cara

Em vista disso, a pedido da Rádio BandNews FM, o metabuscador Kayak realizou uma pesquisa exclusiva avaliando os preços. Desse modo, entre os meses de fevereiro e abril de 2022 ocorreu um reajuste médio de 39% no valor das passagens de voos domésticos, e de 30% em voos internacionais.

Em fevereiro, quem resolveu procurar passagem aérea para Salvador, por exemplo, pagou, em média, 881 reais por um bilhete de ida e volta. Já no mês de março, esse valor subiu consideravelmente, chegando a 1.095 reais, enquanto só no mês passado, o preço da mesma passagem chegou a 1.328 reais. Dessa forma, constatou-se que, no caso de Salvador, o preço saltou mais de 50% em apenas dois meses, e esse aumento também foi observado em outras capitais.

Em vista disso, vale dar destaque à observação feita pelo presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas, que enfatizou o drama brasileiro no que refere-se ao aumento de praticamente todos os itens de consumo, desde o gás de cozinha, passando pela gasolina, até chegar nos alimentos da cesta básica. A passagem aérea, explica Eduardo Sanovicz, também vem sendo pressionada pela situação da economia do país.



Fonte: Fonte: R7