No ES, mulher deu à luz a seis filhos de uma vez; conheça essa história INCRÍVEL!


A mãe de sêxtuplos, Quezia Romulado, de 29 anos, recebeu alta na manhã da última quarta-feira (4) após passar um longo período monitorando a gravidez de perto.

A informação foi confirmada pela assessoria do São Bernardo Apart Hospital, onde ela estava internada, comunicando que a nova mamãe de seis bebês recebeu alta após um longo período internada.

Quezia estava hospitalizada desde o dia 5 de setembro, aguardando o nascimento dos filhos. Devido à natureza de gestação de alto risco, ela foi supervisionada diariamente pelos médicos durante quase um mês antes de receber alta.

Os sêxtuplos chamam-se Lucca, Théo, Matteo, Henry, Maytê e Eloá vieram ao mundo em um parto impressionante que durou apenas 10 minutos e foi realizado por meio de uma cesariana.

Quezia Romulado, mulher que deu à luz seis crianças, e alguns dos profissionais responsáveis por seus cuidados. (Imagem: São Bernardo Apart Hospital/Reprodução)

O complexo procedimento contou com a participação de uma equipe de 32 profissionais, incluindo médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, anestesistas e pediatras.

Os bebês nasceram com pesos variando de 675g a 1,1kg, caracterizando-se como prematuros extremos, o que requer cuidados intensivos.

Devido à prematuridade, eles deverão permanecer na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal (Utin) do hospital por aproximadamente três meses.

O pai, Magdiel Costa, que tem 31 anos, compartilhou que a expectativa inicial era de que a esposa completasse 30 semanas de gestação.

No entanto, Quezia começou a apresentar complicações nas últimas horas antes do parto, levando ao nascimento dos bebês com 27 semanas de gestação, completadas no último sábado (30).

Um dos bebês apresentou complicações

O pai dos sêxtuplos compartilhou um vídeo nas redes sociais, fazendo um apelo especial para um de seus bebês, o pequeno Matteo. Magdiel relatou que o recém-nascido enfrenta uma complicação e apresenta o quadro mais grave entre as crianças.

Atualmente, todos os bebês estão internados na Utin do São Bernardo Apart Hospital, onde devem receber cuidados intensivos pelos próximos três meses.



Portal R7