Motorista da Uber utiliza app robô para negar mais de mil viagens em um dia; entenda o caso


Na semana passada, a Uber fez uma descoberta intrigante: um motorista associado à plataforma de transporte surpreendeu 1,1 mil pedidos de viagens em um único dia. Isso trouxe à tona uma séria problemática para a empresa.

O que torna essa situação ainda mais notável é que tais recusas foram executadas com o auxílio de um aplicativo robô, sendo terminantemente proibido pela empresa.

Embora o incidente tenha ocorrido em Aracaju (SE), a Uber optou por não divulgar detalhes sobre qual plataforma específica foi utilizada.

A empresa tem políticas bem definidas em relação ao uso de automação enquanto seus motoristas estão em serviço.

Por isso, proíbe explicitamente o emprego de sistemas ou ferramentas que possam substituir uma ação humana durante o uso do aplicativo.

Essa proibição, por exemplo, inclui o emprego de robôs que, de maneira instantânea, tomam decisões automatizadas para repetidamente girar as viagens, como a desse trabalhador que dispensou mais de mil solicitações.

Uber se manifesta sobre o emprego da automação na plataforma

A empresa divulgou que aplica todos os recursos ao seu alcance, abrangendo tanto soluções tecnológicas quanto legais, com o objetivo de preservar a integridade da plataforma e garantir que a experiência dos usuários seja mantida em padrões controlados.

(Imagem: divulgação)

Com isso, destacou que a operação de robôs desse tipo está em desacordo com os termos gerais de uso, o que acarreta prejuízos aos usuários e motoristas parceiros e compromete a confiabilidade do sistema como um todo.

Diversas empresas disponibilizam serviços semelhantes. Recentemente, a prática de utilizar plataformas para aprimorar as operações de motoristas de aplicativos se tornou motivo de disputa legal em São Paulo.

A Uber iniciou um processo judicial contra uma startup responsável por um app capaz de habilitar os trabalhadores a recusar corridas de maneira automatizada, e verificar a estimativa de ganhos para cada viagem solicitada.



Portal R7