‘Levo livros para a cela onde moro’: conheça as histórias de detentos que fazem o Enem de dentro do presídio  | Educação

Desde que foi preso, em 2018, por homicídio, Igor já concluiu o ensino fundamental e o ensino médio na escola anexa à cadeia e, neste momento, após passar no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), aguarda que o juiz reduza sua pena (atualmente de 19 anos e 6 meses) e o libere para o regime semiaberto.

Fonte: Fonte: G1