IFMS abre inscrição para transferência, reingresso e Portador de Título 2021.2

0
14


O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) abriu inscrições para 441 vagas no ensino superior, para portador de diploma, reingresso e transferência (interna e externa), com ingresso no segundo semestre letivo de 2021.

São oferecidas 17 opções de cursos, entre superiores de tecnologia, bacharelados e licenciaturas, nos campi das cidades de Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

Modalidades do processo seletivo IFMS 2021.2

  • Portador de diploma – é a forma de ingresso de estudante com curso superior concluído no IFMS ou em outra instituição de ensino, pública ou privada, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);
  • Reingresso – destinado a discentes da instituição que deixaram de frequentar o curso nos 5 anos anteriores a este edital;
  • Transferência externa – forma de ingresso em que o aluno, matriculado no Instituto Federal, pretende transferir-se para outro campus da própria instituição ou em que o estudante, matriculado em outra instituição de ensino, pública ou privada, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), deseja transferir-se para o IFMS.
  • Transferência interna – é a forma de ingresso em que o estudante matriculado na instituição tem a intenção de transferir-se para outro curso no mesmo campus.

Inscrições

São gratuitas e deverão ser realizadas por meio da Página do Candidato, até dia 3 de agosto de 2021.

Documentos para cada Modalidade

Conforme edital, os interessados nas vagas destinadas a portadores de diploma e transferência externa deverão preencher o requerimento de inscrição e anexar os seguintes documentos digitalizados:

  • RG ou outro documento oficial de identificação com foto;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF), caso não conste no RG ou outro documento oficial de identificação;
  • Diploma ou certificado e histórico escolar do curso de graduação reconhecido pelo MEC;
  • Comprovante de matrícula recente de curso superior autorizado ou reconhecido pelo MEC, caso esteja cursando curso superior e se inscreva como transferência externa;
  • Histórico acadêmico/escolar de curso superior reconhecido ou autorizado pelo MEC, com informações constantes do item 4.3.6 do edital de abertura.
    ementas das unidades curriculares (disciplinas) cursadas para eventual aproveitamento e pontuação (não obrigatórias para participar do processo, mas obrigatórias para pontuar e definir a classificação do candidato).

Para reingresso e transferência interna, além do requerimento de inscrição, é necessário anexar os seguintes documentos digitalizados:

  • RG ou outro documento oficial de identificação com foto;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF), caso não conste no RG ou em outro documento oficial de identificação; e
  • Carta pessoal, informando os motivos para solicitar o reingresso ou transferência interna.
    • Seleção – A documentação dos inscritos será avaliada por uma comissão do campus onde as vagas são ofertadas.

De acordo com o Instituto, para portador de diploma e transferência (interna e externa) será verificado se as unidades curriculares cursadas na instituição de origem ou o curso atendem ao conteúdo programático das unidades curriculares do curso em que o candidato deseja ingressar. Para reingresso, será avaliado o Coeficiente de Rendimento (CR).

Resultado

Conforme edital, a previsão é que o resultado preliminar seja divulgado no dia 10 de agosto, e o final no dia 18 do mesmo mês.

Demais informações podem ser conferidas por meio do site do Instituto.





Fonte: Fonte: R7