‘Foi uma luta muito grande’: caixa de supermercado da menor cidade do Brasil ganha bolsa nos EUA – Notícias



Estudante da menor cidade do Brasil, Camila Costa, 29 anos, ganhou uma bolsa de estudos integral para fazer doutorado em estudos culturais na Universidade George Mason, localizada na Virginia, nos Estados Unidos.


Filha de mãe solo, Camila é moradora de Santa Cruz de Minas, em Minas Gerais, uma cidadezinha de 3,6 quilômetros quadrados que possui 8.109 habitantes.



“Estudei a vida toda em escola pública. Sou a primeira da minha família a cursar uma universidade. Minha família passou por muitas dificuldades”, conta. “Minha mãe e minha vó que me criaram e fizeram de tudo para que eu estudasse. Foi uma luta muito grande, pois na cidade onde moro as pessoas começam a trabalhar muito novas. ”


Camila conta que batalhou para conseguir ingressar no ensino superior. “Fui atendente, vendedora, operadora de caixa de supermercado e demorei a conseguir passar para o Enem. Entrei na faculdade só com 23 anos.”


Ela cursou jornalismo na Universidade Federal de São João del Rei e, depois, fez mestrado na Universidade Federal de Ouro Preto.


· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram


Foi na feira EducationUSA, evento organizado pelo Departamento de Estado americano, que a estudante ficou sabendo da oportunidade nos Estados Unidos e se inscreveu para o processo seletivo, o programa Oportunidades Acadêmicas.


Camila foi uma das 20 pessoas escolhidas para ter assessoria técnica e financeira, o que incluiu o pagamento das taxas de inscrição e a tradução de documentos. Ela teve aulas de inglês, reuniões semanais com orientadores e fez cursos para conhecer o projeto e os professores, além de contar com workshops de preparação.


VEJA TAMBÉM: Saiba como descolar uma bolsa de estudos no exterior


A jovem, que embarcou para Virginia no último dia 13, conta que pesquisou sobre políticas de memória do povo negro em seu mestrado e que pretende repetir o tema no doutorado.


“Fui descobrindo que queria trabalhar com cultura e entender sobre a representação de pessoas negras nas expressões culturais da diáspora africana.”


No Brasil, a edição deste ano da feira EducationUSA terá a presença de mais 60 universidades estrangeiras, com oportunidades para alunos latino-americanos. O evento é gratuito e ocorre entre 27 e 31 de agosto, em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Brasília.


*Sob supervisão de Vivian Masutti



Portal R7