Filme picante da Netflix conta com atriz de La Casa de Papel

0
25


O filme 365 DNI trouxe novamente à tona o estilo drama erótico, popularizado por 50 tons de cinza. O longa disponível na Netflix conquistou muitos fãs e ainda promete atingir muita gente na plataforma. 

Leia mais: Protagonista de Bridgerton vai estrelar nova série de romance “picante”

A produção polonesa foi a porta de entrada desse gênero para diversos usuários da Netflix. Os que gostaram do filme (e são muitos) já buscam por outros títulos parecidos. Aliás, a própria plataforma passa a sugerir mais opções dentro do estilo buscado.

Uma das alternativas presentes na plataforma de streaming é o filme Amar. Lançado em 2017, o elenco conta com o protagonismo de María Pedraza (“La Casa de Papel” e “Elite”).

Amar – Netflix

É preciso informar que o enredo não é tão picante quanto o de 365 DNI. Este, aliás, abusou das cenas mais quentes e será difícil de superar. Por outro lado, o drama da história é bem trabalhado e pode proporcionar um conteúdo mais profundo. 

A personagem de destaque de Amar se chama Laura, interpretada por María Pedraza. Vale destacar que o filme é um dos primeiros trabalhos realizados por Pedraza.

No filme, a atriz de La Casa de Papel descobre a vida através de seu primeiro amor, Carlos. Porém, a dura realidade se impõe na vida deles, mostrando que a existência é mais complexa.

Dá para imaginar que Amar é bem diferente de 365 DNI, o qual gira em torno de um sequestro. Contudo, o que deve conectar os fãs de ambos são as cenas mais românticas/quentes.

Ficha Técnica – Amar

Sinopse do filme divulgada pela plataforma de streaming Netflix:

“Laura e Carlos vivenciam a intensidade e a fragilidade do primeiro amor e veem a realidade da vida abalar suas noções românticas idealizadas.”

Elenco: María Pedraza (La Casa de Papel) atua ao lado de Pol Monen e Natália Tena.

Direção: o longa conta com a direção de Esteban Crespo.

Tal como o filme 365 DNI, Amar pode ser visto diretamente na plataforma da Netflix pelos assinantes.





Fonte: Fonte: R7