Figos não são veganos? Leia e descubra a verdade!

Os figos, na teoria, são sim veganos, já que é uma fruta e não é algo produzido a partir de um animal. Mas a relação que esta fruta tem com as vespas, que são quem fazem a sua polinização, pode acabar sendo vista pela comunidade vegana como uma certa exploração do trabalho animal. Saiba agora porque figos não são veganos!

Leia mais: Sem origem animal: estes alimentos veganos tem MUITA proteína

O figo e as vespas

Alguns tipos de figos nascem como sicónios, frutas ocas, que contêm flores apenas na parte interna, esses tipos de figos precisam da polinização das vespas para amadurecer.

As vespas entram nessa fruta por um pequeno buraquinho no topo da fruta, o ostíolo. E então elas botam seus ovos lá dentro e saem com o pólen da fruta em suas costas.

Quando as larvas saem de seus ovinhos elas passam a se reproduzir. Como as vespas machos não possuem asas, eles passam sua vida inteira cavando buracos para ajudar as fêmeas a saírem e acabam morrendo dentro do figo.

Os figos, como dito anteriormente, dependem da polinização das vespas, porém a entrada das vespas no figo é muito pequena, então elas também acabam morrendo dentro do figo, mas o pólen que fica em suas costas ajuda no amadurecimento da fruta.

Por que o figo pode não ser vegano?

Alguns adeptos ao modo de vida do veganismo acreditam que essa relação, mesmo que seja algo mútuo, acaba resultando na morte de animais. Há também a possibilidade das vespas entrarem em frutas que não precisam de polinização para o seu desenvolvimento, essas são chamadas de partenocárpicas, e podem acabar morrendo dentro da fruta, assim não tendo nenhum benefício aparente.

Sendo assim, os figos possuem vespas mortas dentro dele e há uma enzima na fruta que dissolve seu exoesqueleto e seus nutrientes.

Existem dois lados nessa briga de se o figo é vegano ou não, mas no final das contas o figo pode ser, sim, considerado vegano, já que a relação da fruta e do animal é um naturalismo obrigatório. Ou seja, é uma relação simbiótica natural a qual ambos dependem um do outro para sobreviver. Então há pessoas que vão evitar comer o figo por acreditarem que não é uma fruta vegana de fato, já outros irão consumir a fruta sem o menor problema, acreditando totalmente que é algo longe de origens animais.

Fonte: Fonte: R7