Enem 2023: inscrições para o exame começam hoje; saiba tudo sobre o formato da prova – Notícias


As inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2023 começam nesta segunda-feira (5) e vão até o dia 16 de junho.


Principal forma de ingresso no ensino superior nacional, com notas que valem para Sisu, Prouni e Fies, a prova será aplicada em dois domingos, dias 5 e 12 de novembro.


O exame conta com 180 questões — 90 delas no primeiro dia e mais 90 no segundo — e uma redação.



1º dia de prova


No primeiro dia da aplicação do Enem, que neste ano será em 5 de novembro, as 90 questões vão abordar conteúdo de linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação.


A prova terá 45 perguntas sobre língua portuguesa, língua estrangeira (espanhol ou inglês), artes, literatura e tecnologias da informação e comunicação.


LEIA MAIS: Saiba o que os participantes devem levar nos dias de prova do Enem



As outras 45 questões são voltadas para as disciplinas de história, geografia, sociologia e filosofia.


Além de responder a perguntas objetivas, o candidato deve realizar a redação dissertativa-argumentativa com o tema proposto pela prova, geralmente aguardado com muita ansiedade por parte dos estudantes.


 Compartilhe esta notícia no WhatsApp
• Compartilhe esta notícia no Telegram


Nesse dia, a aplicação do exame dura cinco horas e 30 minutos, a partir do momento em que o chefe de sala autoriza o início da prova.


2º dia de prova


No segundo dia de aplicação da prova, os candidatos devem responder a mais 90 questões objetivas. Elas são divididas em 45 de ciências da natureza e suas tecnologias, com temas de física, química e biologia, e em 45 voltadas para matemática e suas tecnologias.

Nesse dia, o exame tem duração de cinco horas.


Chegue com antecedência


Os portões para a entrada dos candidatos no local de realização da prova são abertos às 12h e fechados às 13h, pelo horário oficial de Brasília. A aplicação do exame começa às 13h30.


Veja o passo a passo de como se inscrever


A inscrição é realizada completamente online na página do participante do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), por meio do login do gov.br. Veja como fazer:


• acesse a página do participante;

• faça o login por meio do gov.br. Se não tiver cadastro, basta criar um e retornar à página do participante;

• clique em “inscrição”;

• siga as instruções para completar a etapa de segurança do Inep

• Informe os dados pessoais para a inscrição (CPF, data de nascimento, sexo, cor/raça, estado civil, nacionalidade, natalidade e CEP);

• se não precisar de nenhum atendimento especializado, clique em “não preciso”;

se precisar de atendimento especializado, clique em “preciso” e informe a sua condição, necessidade ou deficiência. O sistema informará quais os recursos disponíveis. Além disso, será necessário anexar documentos que comprovem a necessidade de atendimento;

• se preciso, escolha a língua estrangeira. Estarão disponíveis inglês e espanhol;

• informe a sua escolaridade. Aqueles que escolherem as opções “estou cursando o ensino médio, mas não estou na última série/ano” ou “não estou cursando e não concluí o ensino médio” participarão como treineiros;

• preencha o questionário socioeconômico de 25 perguntas;

• informe o celular e o email, necessários caso o Inep precise entrar em contato;

• escolha a cidade e o estado em que deseja realizar a prova. Não é possível escolher o local (escola), apenas o município; e

• confirme seus dados ao clicar em “confirmo a opção de língua estrangeira, modalidade e município de prova para a realização do exame”.


SAIBA MAIS: Tempo extra, apoio de pés e leitura labial: saiba quais são os recursos de acessibilidade do Enem 2023


É de responsabilidade do candidato acompanhar o andamento da inscrição e a divulgação do local de prova, informado por meio do cartão de confirmação da inscrição, que também contém o número de inscrição, a data e hora do exame.


Saiba como pagar


Após a inscrição, aqueles que não foram contemplados com a isenção de taxa devem realizar o pagamento de R$ 85. É necessário acessar a página do participante novamente para gerar a guia de recolhimento da União (GRU).


Serão apresentadas no site as opções de pagamento: boleto, Pix ou cartão de crédito.




VEJA TAMBÉM: Saiba quais são os cursinhos populares com vagas abertas para se preparar para o vestibular


Fonte: Fonte: R7