Enem 2021 em Ribeirão Preto, SP: Candidata leva cópia do RG e fica sem fazer a 2ª prova | Ribeirão Preto e Franca

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A estudante Laura Machado Gasparin, de 17 anos, ficou sem fazer a segunda prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo (28) em Ribeirão Preto (SP) porque levou a cópia do RG ao invés do documento original, como prevê o edital.

Ela foi barrada pelo fiscal da sala, que levou o caso à coordenação da equipe de trabalho na Unip.

“No primeiro dia eu vim com a cópia e eles aceitaram. Super tranquilo, fiz a prova e hoje não estão aceitando mais. Eu sempre ando com a cópia e outros vestibulares que eu fiz eles aceitaram”, disse.

Em nota, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o Enem, disse que o participante não pode permanecer no local da aplicação das provas quando alguma irregularidade é identificada.

Por conta disso, Laura precisou sair da unidade. Do lado de fora, ligou para o pai levar o documento original.

O g1 questionou o Inep sobre o uso da cópia do RG no primeiro dia do Enem e aguarda retorno.

Pai tentou levar original

O motorista José Sebastião Gasparin, então, saiu de Bonfim Paulista, distrito de Ribeirão Preto, e retornou ao local de prova, mas chegou sete minutos após o fechamento dos portões.

“Corri, fiz de tudo que eu pude, mas cheguei 13h07 e não aceitaram mais. Não tem o que fazer. É baixar a guarda a pronto”, falou.

Como a filha ainda está no segundo ano do Ensino Média, a prova em 2021 era para treinamento. Agora, o problema deste domingo ficou de aprendizado para as próximas oportunidades.

“É uma experiência para a gente não cometer esse erro, mas eles poderiam dar um jeitinho, porque o documento estava na mão, não estava sem documento, o documento original chegou, podia dar uma chance para participar”, afirmou o motorista.

Motorista tentou levar documentos à filha, mas chegou atrasado em Ribeirão Preto — Foto: Amanda Pioli/g1



Fonte: Fonte: G1