Enem 2020: RJ terá participação de quase 390 mil pessoas que devem seguir medidas contra a Covid-19 | Rio de Janeiro

0
19


Os candidatos vão responder neste primeiro dia de provas a questões sobre linguagens e ciências humanas e redação.

Primeira prova do Enem 2020 é neste domingo (17) — Foto: TV Globo/Reprodução

O Enem estava previsto para ocorrer em novembro de 2020, mas devido à pandemia da Covid-19 foi remarcado para 17 e 24 de janeiro (versão impressa) e 31 de janeiro e 7 de fevereiro (versão digital).

A Defensoria Pública no Rio recomendou à Prefeitura e ao Governo do Estado o adiamento do exame alegando risco de aglomeração.

Primeiro dia de provas do Enem vai ser neste domingo (17)

Primeiro dia de provas do Enem vai ser neste domingo (17)

Medidas de prevenção à Covid

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) divulgou algumas medidas de prevenção que devem ser seguidas pelos participantes do exame. Veja mais abaixo quais são elas.

O número de salas de aplicação da prova foi ampliado em todo o país. Em 2019, foram 10 mil locais de e 145 mil salas. No Enem 2020, serão 14 mil locais de prova e 205 mil salas.

Além disso, o horário de abertura dos portões foi antecipado para evitar aglomerações. O MetrôRio informou que vai funcionar normalmente neste domingo das 7h às 23h.

  • Abertura: 11h30 (horário de Brasília)
  • Fechamento: 13h
  • Início das provas: 13h30
  • Término das provas 1º dia (17): 19h
  • Término das provas 2º dia (24): 18h30
  1. Uso obrigatório de máscaras para candidatos e aplicadores;
  2. Disponibilização de álcool em gel nos locais de prova e nas salas;
  3. Recomendação de distanciamento social no deslocamento até as salas de provas;
  4. Identificação de candidatos do lado de fora das salas;
  5. Salas de provas com cerca de 50% da capacidade máxima;
  6. Candidatos idosos, gestantes e lactantes ficarão em salas com 25% da capacidade máxima;
  7. Higienização das salas de aulas, antes e depois do exame;
  8. É recomendado que o candidato leve máscaras reservas para trocar.
  1. Cartão de confirmação
  2. Documento oficial com foto
  3. Caneta esferográfica preta de material transparente
  4. Máscara para trocar durante a prova
  5. Álcool em gel
  6. Água e lanche
  1. Borracha, corretivo, chave com alarme, artigos de papelaria, impressos e anotações, lápis, lapiseira, livros, manuais, régua e caneta de material não transparente;
  2. Óculos escuros, boné, chapéu, viseira, gorros ou similares;
  3. Dispositivos eletrônicos como celulares, tablets, calculadoras, gravadores, pen drive ou mp3;
  4. Alarmes, chaves com alarmes ou qualquer outro componente eletrônico;
  5. Fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador e/ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens;
  6. Protetor auricular;
  7. Relógios de qualquer tipo.

O Inep informou que prevê reaplicar a prova para quem tiver doenças infectocontagiosas, entre elas a Covid-19. Também entram na lista sarampo, rubéola, varicela e coqueluche.

Quem foi diagnosticado com Covid até uma semana antes do exame pode acessar a página do participante, anexar os documentos, e pedir para refazer o exame em 23 e 24 de fevereiro.

Caso os sintomas tenham aparecido na véspera do exame, a recomendação é entrar em contato com o telefone 0800-616161.

Enem em 90 segundos

Enem em 90 segundos

  • Provas impressas: 17 e 24 de janeiro
  • Provas digitais: 31 de janeiro e 7 de fevereiro
  • Reaplicação: 23 e 24 de fevereiro (para pessoas afetadas por eventuais problemas de estrutura)
  • Resultados: a partir de 29 de março



Fonte: Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui