É aprovado projeto para ser aplicado nas escolas: Educação Financeira


Primeiramente, após questionamentos sobre a educação brasileira, a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) aprovou um novo projeto chega nas escolas para incluir o ensino sobre educação financeira nas escolas.

O Brasil bateu recorde histórico com o maior número de brasileiros com dividas. Sendo assim, a deputada Edna Macedo afirma que o projeto será um ótimo passo para a educação. Conforme a ALESP, o ensino sobre educação financeira servirá para trabalhar conceitos financeiros pessoais, receita e despesas, orçamento familiar e uso consciente da moeda.

Terão palestras, workshops, seminários feitos por professores que tem formação na área do projeto. Aplica-se o  projeto de lei no 1011/2019 no ensino fundamental ao médio.

Saiba sobre o que é educação financeira

Então, a educação é um processo de aprendizagem que transforma hábitos, comportamentos e valores das pessoas a partir da troca de informações. Isso se aplica no setor financeiro. Pois, a Educação financeira é o conceito de entender o universo do dinheiro e usar as ferramentas para saber lidar com ele.

Perguntas como saber economizar, investir e consumir e outras serão assuntos na educação financeira e te dar caminho para resolve-las. O conceito surgiu a partir da ENEF (Estratégias Nacional de Educação Financeira) e Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Confira a importância da educação financeira na escola

Atualmente, a população mais jovem, de 18 a 24 anos, representa 19% do total de endividados. Incentivar a aprendizagem de finanças nas escolas é essencial. Estudiosos reforçam que por meio dessa prática, os alunos aprendem e desenvolvem traços comportamentais que podem fazer a diferença no futuro.

Aprender sobre finanças é um grande fator de combate da desigualdade social e ainda contribuir com a evolução comportamental.

Educação financeira para jovens

Por fim, é comum na juventude começar o interesse pelas finanças. Por isso, aprender a lidar com o dinheiro já nessa época é muito importante. Pois, esse é período que o dinheiro começa a se multiplicar, as despesas aumentam e se não for feito com inteligência, começa sua vida financeira com dívidas e negativado.

A educação financeira tem essa finalidade. Além de conseguir organizar as despesas mensais, como investir é um dos métodos que os jovens procuram.

Então, agora que você sabe mais sobre o novo projeto chega nas escolas, encaminhe para aquele seu amigo que também quer se manter atualizado.

Gostou do post? Quer saber mais? Confira: MEC planeja capacitar 500 mil professores e promover educação financeira nas escolas





Fonte: Fonte: R7