Devo declarar meu sistema de energia solar no Imposto de Renda?

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Utilizar fontes de energia renováveis é uma forma de ajudar o meio ambiente e de poupar uma grana significativa a longo prazo. Isso, obviamente, no caso dos painéis solares fotovoltaicos. De fato, esse tipo de instalação está cada vez mais comum no território brasileiro. Todavia, o valor investido para obter esse tipo de energia é extremamente alto, partindo da casa dos 10 mil reais até cerca de 30 mil reais, no mínimo.

Leia também: Aposentados recebem isenção de uma parcela do Imposto de Renda?

Como esse investimento é grande, existe uma dúvida por parte da população: será que devo declarar meu sistema de energia solar no Imposto de Renda? De fato, acontece que os sistemas de energia solar fotovoltaica não enquadram-se na regra para a declaração do IR, uma vez que não são considerados bens móveis, mas benfeitorias ao imóvel. Ou seja, não é obrigatório declarar esse tipo de aquisição, mas é um tremendo benefício para aqueles que o fazem. Neste caso, você pode se questionar: Por quê?

Acontece que o valor de reformas e benfeitorias pode ser acrescido ao valor do imóvel na declaração, dessa forma, aumentando seu custo de aquisição. Portanto, trata-se da exclusiva situação na qual o proprietário pode aumentar o valor de seu imóvel informado na declaração, uma vez que isso é impossível quando se quer corrigi-lo pelo valor de mercado.

Também, isso é positivo quando o dono do imóvel for vendê-lo por um valor maior que o da aquisição, fazendo com que o lucro imobiliário seja menor, e, consequentemente, acabará pagando menos de renda sobre esse ganho de capital.

Fonte: Fonte: R7