Confira as oportunidades do Exame Nacional de Residência


O Exame Nacional de Residência (Enare) ganha destaque como uma das principais opções para profissionais da área médica e saúde em busca de residência.

Com economia na inscrição e unificação de datas e locais, o Enare promete facilidade e amplas oportunidades para 2023.

Por Que optar pelo Enare?

A inscrição única, aplicação da prova em todas as capitais e cidades estratégicas e a liberdade de escolha da cidade de atuação são características atrativas.

Além disso, as instituições beneficiadas veem no exame uma redução significativa de vagas não preenchidas e cortes nos gastos relacionados à realização de exames individualizados.

O Enare, conduzido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), uma estatal vinculada ao Ministério da Educação, destaca-se pelo seu papel em alavancar a qualidade da seleção de residentes em todo o país.

Desde sua criação em 2020, o Enare cresceu exponencialmente em adesão e oferta de vagas.

Da primeira edição com mais de 4,1 mil candidatos para a atual, em 2023, o exame oferta mais de 5 mil vagas distribuídas em 114 instituições nacionais.

Processo de Inscrição e Classificação

As inscrições estão abertas até 14 de setembro, no site oficial do Enare, que também disponibiliza editais, vagas e orientações para o processo.

Assim como o Enem, o sistema de classificação do Enare permite ao candidato escolher o local de sua residência conforme sua pontuação.

Oportunidades Abertas

Para 2023, a oferta abrange 3.151 vagas para a área médica e 1.945 vagas para modalidades uni e multiprofissional.

Diversas especialidades médicas estão disponíveis, bem como oportunidades para profissionais de áreas como enfermagem, psicologia, farmácia e mais.

O Enare consolida-se como a ponte entre profissionais de saúde e instituições de excelência.

Com uma proposta inovadora e otimizada, a edição de 2023 promete ser mais um marco de sucesso na trajetória deste exame essencial. Não perca esta chance; inscreva-se e destaque-se no mercado de saúde brasileiro.





Portal R7