Condições de empréstimos para microempreendedores

0
12


A crise econômica vivida no Brasil, por causa da pandemia de coronavírus, afeta especialmente os donos de pequenos negócios, que são de extrema importância  para recuperação do país.

Por causa do agravamento da crise econômica, os microempreendedores individuais (MEIs) contam com opções de empréstimos exclusivos, oferecidas por bancos de diversos portes.

Atualmente, 11 milhões de empreendedores estão formalizados como MEI, que ao se enquadrarem na categoria e abrir um CNPJ, o optante garante benefícios trabalhistas e previdenciários. A modalidade oferece imposto mensal simplificado que gira em torno de R$ 60.

Linhas de crédito MEI

Além de todas as vantagens citadas acima, existem linhas de crédito específicas para atender a esse grupo. Banco do Brasil, Bradesco e Santander são exemplos de instituições com opções interessantes de empréstimos para MEI. Confira mais detalhes abaixo:

Banco do Brasil

De acordo com o Banco, a linha Microcrédito Produtivo Orientado (MPO) é voltada para donos de negócios com renda bruta mensal de até R$ 30 mil. O cliente pode contratar de R$ 1 mil a R$ 21 mil, para pagar em até 18 vezes.

A primeira solicitação deve ser realizada em uma das agências do BB. Para quem já contratou e quitou o empréstimo, é possível fazer um novo pedido por meio do WhatsApp.

Santander

O banco privado oferece opções de microcrédito para costureiras, donos de salão de beleza, revendedores de cosméticos e outros microempreendedores. Além do empréstimo, o Santander oferece ainda conta corrente e poupança, seguros, maquininha e atendimento pessoal.

Clientes de todo o país já contrataram aproximadamente R$ 5 bilhões em crédito com a instituição.

Bradesco

Apesar de não ter uma linha exclusiva para MEI, o banco oferece empréstimos para quem tem um negócio com rendimento anual de R$ 360 mil. O Bradesco investiu aproximadamente R$ 27 milhões para oferecer crédito a 7 milhões de empresas.

Todas as informações referentes a empréstimo podem ser consultadas por meio do site do banco de sua preferência.





Fonte: Fonte: R7