Como o caso do vulcão das Ilhas Canárias pode cair no Enem – Notícias

0
29





A poucos meses do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2021, Renato Piton, o professor de Geografia do colégio e curso pré-vestibular Oficina do Estudante de Campinas (SP), avalia como os fenômenos e desastres da natureza podem ser cobrados na prova.


O tema está relacionado a área de geologia, vulcões e tsunamis fazem parte deste contexto. Recentemente assistimos a erupção do vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, no arquipélago das Canárias. “É importante dizer em primeiro lugar, que o estudante precisa entender as teorias tradicionais de como se formam os vulcões e tsunamis, como também as consequências que isso irá refletir na humanidade ao longo do tempo”, destaca o professor.









Vulcões e Tsunamis






Vulcão é uma estrutura geológica em que ocorre o fenômeno natural responsável pela emissão dos chamados poluentes naturais, (quantidade aumentada devido à ação do homem (antrópica) ou da própria natureza). O professor explica que as erupções vulcânicas são fenômenos posteriores a pequenas atividades sísmicas no interior do planeta que antecede as liberações das lavas para a superfície.





O vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção no dia 19 de setembro de 2021 em La Palma, próximo à costa oeste africana. E trouxe uma preocupação até então remota: um tsunami no Brasil. Mas como isso poderia acontecer? As chances eram minímas, mas de fato existiam.


Segundo o professor Renato, caso houvesse um colapso do vulcão, causado pela erupção em grande atividade, esse deslocamento de terras poderia causar junto com a atividade sísmica, um movimento intenso das águas. E consequentemente poderiam ser carregados de uma costa à outra do Atlântico, gerando as temidas ondas de tsunamis em quase toda a costa brasileira.


O professor explica que um tsunami é uma ou uma série de ondas de grande volume geradas pelo deslocamento de um grande corpo d’água, destacando-se as ondas marinhas ou oceânicas, que são causadas por deslocamentos físicos (de massas), ou sísmicos (de energia).





Ainda de acordo com o professor, é importante o estudante busque entender os elementos geográficos relacionados ao tema e não se prender apenas nas notícias da atualidade para complemento dos estudos.


*Estagiário do R7 sob supervisão de Karla Dunder






Fonte: Fonte: R7