Comitê da UFJF recomenda nova suspensão das atividades presenciais até 30 de agosto

9



Medida vale nos campi de Juiz de Fora e de Governador Valadares. Calendário acadêmico de 2020 foi suspenso em março. Campus em Juiz de Fora da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Carlos Mendonça/Prefeitura de Juiz de Fora
O Comitê de Monitoramento e Orientação de Condutas sobre a Covid-19 da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) recomendou uma nova prorrogação da suspensão das atividades acadêmicas e administrativas nos campi de Juiz de Fora e de Governador Valadares até o dia 30 de agosto.
Em abril, o G1 mostrou que a instituição havia informado sobre o adiamento dos trabalhos até o dia 30 do mesmo mês. Já em junho, houve uma nova recomendação, que determinava nova data para esta terça-feira (30).
As atividades na UFJF foram suspensas no dia 17 de março. No dia 18 do mesmo mês, o Conselho Superior da instituição aumentou o prazo por mais 15 dias.
A Universidade também suspendeu o calendário acadêmico de 2020 por tempo indeterminado após o avanço do novo coronavírus.
Recomendação
A recomendação foi feita na sexta-feira (26) e o grupo considerou alguns critérios.
Veja abaixo quais:
O cenário internacional de expansão da Covid-19;
A situação de emergência em Minas Gerais;
Os boletins epidemiológicos das cidades de Juiz de Fora e de Governador Valadares;
Notas técnicas elaboradas por grupos e núcleos de pesquisa da UFJF que apontam o distanciamento social como medida necessária para o enfrentamento da epidemia.
O Comitê enfatizou na nota que o prazo ou a suspensão das atividades podem ser alterados a qualquer momento.
Initial plugin text


Fonte: Fonte: G1