Candidato pode alterar dados da inscrição no Enem 2021; confira quais

0
38


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) faz um alerta aos estudantes. Os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 podem alterar algumas informações. A data limite estabelecida para alterar dados foi fixado como dia 14 de julho.

Leia também: Confira os critérios de desempate e o cronograma do Prouni 2021

De acordo com o Inep, apenas algumas informações poderão ser modificadas após a inscrição. São elas:

– Endereço de residência;

– Opção de língua estrangeira escolhida (inglês ou espanhol);

– Tipo de atendimento especializado (válido apenas para os candidatos que farão a prova impressa do Enem);

– Mudança na foto anexada;

– Alteração de cidade escolhida para realizar a prova (válida para estudantes que optaram pela versão digital do Enem, apenas caso exista vaga na localidade).

Confira alguns cursos Gratuitos

Informações do questionário socioeconômico ou relacionadas ao Número de Identificação Social (NIS) não podem ser alteradas. Além disso, dados sobre a conclusão do ensino médio também ficam isentos de alteração pelo candidato.

Prazo de alteração é o mesmo do fim das inscrições

O prazo estabelecido para realizar as alterações é o mesmo do escolhido para encerrar o período de inscrição. Portanto, os alunos têm até o dia 14 de julho para efetuar as inscrições ou alterações de cadastro.

Lembrando que as provas serão aplicadas em dois dias, como de costume. Para 2021, a realização do Enem se dará nos dias 21 e 28 de novembro.

Em decorrência da pandemia, o exame contará com a aplicação de prova digital, além da versão impressa. O inscrito deve escolher qual em modalidade que deseja participar ainda no processo de cadastramento.

O tipo de prova (digital ou impressa) não é passível de mudança após a confirmação dos dados. Por isso, fique atento às informações do formulário e faça o preenchimento com calma.

Além de servir como parâmetro de avaliação da educação no Brasil, o Enem possibilita acesso às universidades. Os candidatos que realizarem a prova poderão concorrer a vagas em instituições públicas e particulares. 

Isso porque dois programas do governo utilizam as notas do exame:

  • Sistema de Seleção Unificada (Sisu): dá acesso às vagas em faculdades públicas, em especial as federais.
  • Programa Universidade Para Todos (Prouni): oferece bolsas de estudo de até 100% em todo o Brasil.





Fonte: Fonte: R7