Candidata haitiana realiza Enem pela primeira vez em Presidente Prudente: 'Espero que ocorra tudo bem'




Marie Nana Pierre Gean, de 41 anos, diz que pretende conseguir financiamento estudantil. Primeiro dia de provas do Enem, em Presidente Prudente (SP)
Leonardo Bosisio/g1
O primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo (13), em Presidente Prudente (SP), contou com uma candidata haitiana encarando a prova pela primeira vez.
O primeiro dia de prova do Enem teve questões de linguagens e ciências humanas, além de redação.
Candidata haitiana
Candidata Marie Nana Pierre Gean, de 41 anos, é haitiana e realiza o Enem pela primeira vez em Presidente Prudente (SP)
Leonardo Bosisio/g1
A candidata Marie Nana Pierre Gean, de 41 anos, é haitiana e mora em Presidente Prudente. Ela enfrentou o calor da maior cidade do Oeste Paulista para realizar a prova pela primeira vez.
Marie contou ao g1 que já faz faculdade de enfermagem mas que decidiu fazer o Enem para conseguir um financiamento estudantil. Após a prova, ela garante que pretende continuar no mesmo curso.
A haitiana trabalha como auxiliar de limpeza no Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente e espera não ter dificuldades com o exame.
“Eu espero que ocorra tudo bem para não ter nenhuma dificuldade, para dar tudo certo para mim e para os outros também!”, finalizou Marie ao g1.
Primeiro Enem
Candidato Wender Santos Silva de Lima, de 22 anos, realiza o Enem pela primeira vez em Presidente Prudente (SP)
Leonardo Bosisio/g1
O candidato Wender Santos Silva de Lima, de 22 anos, também realizou a prova pela primeira vez. Ele mora em Presidente Prudente e contou ao g1 que optou por fazer o Enem, pois sentiu que acabou ignorando o exame por conta da imaturidade.
“Vai passando os anos e você vai valorizando. Você fala: ‘poxa, poderia ter feito o Enem passado’. Você acaba ignorando por causa da sua imaturidade”, disse Lima.
Ele também afirmou que está em dúvida entre qual curso fazer após a prova. O candidato pretende fazer ciências da computação ou design de interiores.
“Ciência da computação é porque eu sempre tive essa aproximação com tecnologia, sempre pesquisei bastante a respeito. E o design de interiores é aquele lado artístico de infância que você fica apegado”, relatou o candidato ao g1.
Lima finalizou ressaltando que espera ter entendido os vídeos que maratonou e acredita que a prova da próxima semana será mais difícil para ele.
Viagem para fazer a prova
Candidata Heloísa Siqueira da Silva, de 24 anos, viajou cerca de 1h30 para realizar o Enem em Presidente Prudente (SP)
Leonardo Bosisio/g1
A candidata Heloísa Siqueira da Silva, de 24 anos, é moradora de Iepê (SP) e viajou cerca de 1h30 para fazer o Enem em Presidente Prudente. Essa é a segunda vez que ela realiza a prova.
Heloísa tem duas filhas, de um e dois anos, e afirmou ao g1 que decidiu fazer o Enem para dar um futuro melhor para elas.
“Na primeira oportunidade eu consegui a bolsa mas por motivos afins não terminei e agora pretendo fazer para ganhar outra bolsa e dar um futuro melhor para as minhas filhas”, disse a candidata.
Ela já trabalha como auxiliar de professora e pretende cursar matemática ou pedagogia.
“[A expectativa é] que eu tire uma nota muito boa para poder passar numa coisa boa”, finalizou Heloísa ao g1.
Enem 2023
As avaliações começaram às 13h30 e foram divididas em dois dias: 5 e 12 de novembro. No primeiro dia, os candidatos responderam questões de linguagem, ciências humanas e redação. Já no segundo dia de prova, as perguntas serão de matemática e ciências da natureza.
Primeiro dia de provas do Enem, em Presidente Prudente (SP)
Leonardo Bosisio/g1
Primeiro dia de provas do Enem, em Presidente Prudente (SP)
Leonardo Bosisio/g1
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.



G1 Educação