Calendário Auxílio Emergencial 2021 e décimo terceiro salário

0
505


O governo federal dá continuidade ao calendário de pagamentos dos benefícios concedidos aos cidadãos.

Ao longo desta semana, os segurados do auxílio emergencial e do INSS receberão seus salários, que têm calendários, regras de funcionamento e valores distintos.

O ministério da economia trabalha na concessão da extensão do auxílio emergencial, a Caixa Econômica e o INSS atuam na liberação dos cronogramas em funcionamento.

Saque Terceira parcela Auxílio Emergencial

Neste momento, a instituição financeira disponibiliza o saque da terceira parcela do coronavoucher. A previdência deposita a segunda parcela do 13º salário de seus aposentados e pensionistas.

Pagamentos do auxílio emergencial

Para quem está vinculado ao coronavoucher, o atual pagamento é referente a terceira rodada do projeto. Neste momento, a população tem acesso ao saque do benefício, que pode ser realizado nas unidades bancárias da Caixa ou nas Casas Lotéricas.

Extensão do auxílio emergencial

Além de conceder a terceira parcela do projeto, o governo aprovou a sua extensão e com isso, os segurados vinculados serão contemplados até o mês de outubro, o que significa que mais três rodadas foram criadas.

A previsão é de que a informação seja validada hoje através de uma publicação no Diário Oficial da União. De acordo com a equipe econômica, a medida gerará um custo de R$ 20 bilhões para os cofres públicos.

Bolsa Família

A extensão do auxílio emergencial será válida também para os segurados do Bolsa Família. Nesse caso, o grupo será contemplado, de acordo com o calendário oficial do projeto, de acordo com as datas já anunciadas.

13º salário do INSS

Outro abono em funcionamento é o décimo terceiro salário da previdência social. Normalmente sua liberação ocorre apenas no mês de dezembro, mas com o advento do do novo coronavírus o governo decidiu antecipar o pagamento.

O benefício foi dividido em duas parcelas de 50% cada, sendo que o cidadão com um salário fixo de R$ 2.200 recebeu em maio R$ 2.200 referente ao mês de maio + R$ 1.100 equivalente aos 50% do abono natalino.

No mês de julho ele recebe o salário do mês + os demais 50%. Porém, é importante ficar atento pois com as declarações do IRPF aqueles que precisarem prestar conta para a Receita Federal terão a quantia descontada.

Quem tem direito ao 13º do INSS?

De acordo com a legislação, para receber o abono o cidadão precisa ser contemplado com um dos benefícios abaixo:

  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Aposentadoria;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-reclusão;
  • Salário-maternidade.





Fonte: Fonte: R7