Brasil tem 7 das melhores universidades latino-americanas

0
15


As universidades brasileiras aparecem em peso no ranking latino-americano Times Higher Education (THE), em 2021. O Brasil é o país com maior número de instituições de nível superior na tabela. O THE é um dos principais indicadores de educação universitária do mundo.

Leia também: Prouni: estão abertas as inscrições para bolsas de até 100%

O ranking latino-americano foi divulgado na última terça-feira (13). A lista segue liderada pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Chile. Ela mantém a primeira colocação pelo terceiro ano consecutivo

Apesar de não estar no topo do “pódio”, o Brasil possui sete das 10 universidades mais bem colocadas.  O segundo lugar do THE está ocupado pela Universidade de São Paulo (USP). Já o terceiro lugar é da Universidade de Campinas (Unicamp).

Com exceção da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), todas as brasileiras são públicas. O top 10 conta ainda com duas universidades chilenas e uma mexicana.

Confira a lista das 10 melhores universidades latino-americanas (segundo o Times Higher Education):

1 – Pontifícia Universidade Católica do Chile;

2 – Universidade de São Paulo (USP);

3 – Universidade de Campinas (Unicamp);

4 – Instituto de Tecnologia de Monterrey (México);

5 – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);

Confira alguns cursos Gratuitos

6 – Universidade do Chile;

7- PUC-Rio;

8 – Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS);

9 – Universidade Federal de São Paulo (Unifesp);

10- Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Portanto, são três instituições paulistas, duas do Rio de Janeiro, uma do Rio Grande do Sul e outra de Minas Gerais. Este é o quarto ano seguido que o Brasil ocupa a maioria das posições no top 10 do THE.

Nesta edição, o número de universidades classificadas foi recorde. 177 instituições de ensino superior de 13 países compõem a lista.

O Brasil é o país com maior número de classificadas. São 67 escolas brasileiras, contra 28 chilenas, 24 da Colômbia, 23 mexicanas, 11 equatorianas, 9 da Argentina e 8 peruanas. Entre as 100 mais bem classificadas, 46 são universidades brasileiras.

O THE também apresenta um ranking global de instituições de nível superior. Neste caso, as três primeiras são a universidade de Oxford, a de Stanford e a de Harvard.

Quais são os critérios

Tanto para o ranking global quanto para o latino-americano, os critérios são agrupados em cinco áreas: 

  • Ensino – ambiente de aprendizado;
  • Pesquisas – quantidade, investimentos e reputação;
  • Citações – influência dessas pesquisas no ambiente acadêmico;
  • Perspectivas internacionais;
  • Renda gerada – com transferência de tecnologia produzida dentro da universidade.





Fonte: Fonte: R7