Atenção, concurseiro! ESTES 3 erros podem comprometer a sua aprovação


Estima-se que o segundo semestre de 2023 trará muitos anúncios de novos concursos públicos em todo o Brasil. A Polícia Civil de diversos estados, órgãos do governo federal e administrações municipais são alguns deles. Muitos já sinalizaram que um edital está muito próximo.

Algum destes pode ser o seu tão sonhado concurso, aquele que você espera desde que começou seus estudos. No entanto, talvez você esteja cometendo erros bobos que podem atrapalhar sua aprovação.

Nesse sentido, separamos três equívocos que muitos concurseiros cometem quando começam a se preparar para algum certame. Será que você comete algum deles? Continue a leitura e descubra.

3 maiores erros que os concurseiros cometem

Não ler o edital

Este erro é muito comum e pega muitas pessoas de surpresa. Não ler o edital é uma negligência que muitas pessoas cometem por ingenuidade. Isso pode acontecer pela pressa em obter informações rapidamente sobre datas ou salários, ou por considerar que não é importante.

Entretanto, o edital traz informações extremamente relevantes sobre a prova, não se restringindo apenas ao conteúdo, salários e data do exame. A partir de hoje, não o ignore. Combinado?

Estudar “sem rumo”

Concurseiro, você precisa de um cronograma de estudos. Não há como fugir disso. Com o conteúdo programático da prova em mãos, a primeira coisa a ser feita é definir datas e horários para estudar toda a matéria.

Neste processo, observe com quais disciplinas você tem mais ou menos afinidade. A partir daí, é possível trabalhar os seus pontos fortes e dedicar-se mais à melhoria dos seus pontos fracos.

Além disso, se você não se organizar, pode ficar literalmente perdido nos estudos, o que é extremamente prejudicial para a sua preparação!

Escolher um concurso apenas pelo salário

Sim, o dinheiro é muito importante em uma profissão. E, sejamos realistas, todos gostam de ganhar bem. No entanto, este não é o único ponto que deve ser levado em consideração.

Quando o concurseiro age dessa forma, a chance de frustração com seu cargo é alta. Afinal, trata-se de um trabalho para o resto da vida. De que adianta ser bem remunerado se você não se identifica com o que faz?

Ao focar em algo de que gosta, você se preparará muito melhor para a prova. Ter isso em mente irá ajudá-lo, principalmente se o que pretende fazer nos próximos anos for algo de que goste.



Portal R7