Após furtos, supermercado tranca Nutella em balcão próximo ao caixa

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


A alta nos preços dos alimentos tem aumentado também os furtos nos estabelecimentos. Foi por este motivo que um supermercado de São Paulo resolveu trancar os potes de Nutella em uma prateleira próxima ao caixa.

Leia também: Projetos estudam a possibilidade de reduzir os preços dos combustíveis; saiba mais

O supermercado que adotou a prática pertence à rede Chama. Agora, quem quiser comprar o produto terá que chamar um funcionário para destrancar o vidro. Além desta medida, o estabelecimento mudou as carnes embaladas para próximo do balcão de atendimento. Antes, elas ficavam nas prateleiras refrigeradas mais distantes.

Já uma loja da rede Dia foi mais radical: trancou as embalagens de carne com corrente e cadeado, obrigando o consumidor a pedir a um funcionário que abra o balcão caso queira o produto.

“O índice de furtos indica um agravamento da questão socioeconômica e, de certa forma, está fora do nosso controle”, ressalta Márcio Milan, presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em 2021, o prejuízo por furtos a supermercados chegou a R$ 3,2 bilhões.

Neste ano, o valor da cesta básica tem aumentado cada vez mais devido à inflação 6,36% maior. Em março, a cesta básica aumentou bastante, chegando a custar cerca de R$ 760 em São Paulo, segundo um estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

A maior variação de valores aconteceu no Rio de Janeiro, chegando a 7,65%, e o estado é o segundo com o maior valor de cesta básica, custando em média R$ 750,71. Aracaju é o município que apresentou o menor valor na cesta, custando em média R$ 525.



Fonte: Fonte: R7