Após decisão do ‘Minas Consciente’, UFV, UFJF e UFSJ não retornam com aulas presenciais | Zona da Mata

0
141


A Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e a Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ) informaram nesta sexta-feira (25) que seguem com o sistema de ensino remoto emergencial e não vão voltar com as atividades presenciais neste momento da pandemia.

A decisão ocorre após o Governo de Minas autorizar na quarta-feira (23) o retorno das aulas do ensino superior de forma presencial nas cidades que estão na Onda Amarela e Onda Verde do programa ‘Minas Consciente’.

UFJF — Foto: UFJF/Divulgação

As três universidades federais da Zona da Mata e Campo das Vertentes estão funcionando com sistema de ensino remoto de caráter emergencial.

A UFV iniciou em 31 de agosto as aulas de graduação à distância de 1.500 disciplinas para quase 13 mil estudantes nos campi Viçosa, Florestal e Rio Paranaíba.

Já a UFSJ retornou em 14 de setembro nos campi de São João del Rei, Divinópolis, Ouro Branco e Sete Lagoas.

A UFJF iniciou o período remoto para a graduação no dia 21 de setembro, para quase 18 mil alunos, nos campi Juiz de Fora e Governador Valadares.

Retorno das aulas no ‘Minas Consciente’

O critério para a retomada, no caso das instituições de ensino superior, é que as cidades estejam incluídas na Onda Amarela do programa estadual de flexibilização, o Minas Consciente.

As macrorregiões Sudeste, Centro-Sul e Leste do Sul estão nesta fase e já podem retomar as aulas para cursos de graduação, pós-graduação e livres.

Porém, caberá aos prefeitos definir se vão ou não retomar as aulas presenciais, ainda que estejam em uma região autorizada pelo governo do estado.

O protocolo com as diretrizes para a retomada segura das aulas será divulgado na próxima semana.



Fonte: Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui