Agronegócio brasileiro tem superávit de US$ 43,7 bi

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O Brasil está passando por uma crise estarrecedora no que se refere aos preços dos alimentos. No entanto, a balança comercial do agronegócio brasileiro conseguiu fazer o registro de um superávit de 43,7 bilhões acumulados de 2022, considerando os meses de janeiro a abril.

Nesse sentido, é válido destacar que as exportações cresceram em torno de 35% no período, e as importações mantiveram-se estáveis com alta de 0,7%, fazendo um comparativo com o ano passado.

Os dados foram divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). Em vista disso, o agronegócio brasileiro fez a exportação de 14,9 bilhões em abril, um crescimento de 15,2% em relação a abril de 2021. Além disso, quando considerado o valor total da balança comercial, o superávit foi de 20,2 bilhões.

Desse modo, a explicação que o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada encontrou foi que os demais bens tiveram um registro de déficit de 23,5 bilhões no ano de 2021. Portanto, o crescimento total foi de 11,8% até agora, ante o ano passado, puxado pelo resultado positivo do agronegócio.

Assim, de acordo com Roberto Campos, presidente do Banco Central, o conflito no leste europeu é uma grande oportunidade para o agronegócio brasileiro, visto que o mundo está procurando produtos brasileiros para consumo, devido a essa dinâmica.

Ou seja, o momento em que os preços dos alimentos estão exorbitantes é o mesmo período no qual o agronegócio mais produz e abastece o mundo. Essa dinâmica, em tese, não faz muito sentido quando a população olha para os preços dos produtos no mercado.

Fonte: Fonte: R7